Cabo Verde: Mindelo tem nova plataforma cultural

Mindelo Floating Music Hub, cidade de Mindelo, ilha de São Vicente, Cabo Verde. 14 de Agosto de 2021.
Mindelo Floating Music Hub, cidade de Mindelo, ilha de São Vicente, Cabo Verde. 14 de Agosto de 2021. © Odair Santos

A plataforma cultural “Mindelo Floating Music Hub” ou “Mansa Floating Hub” foi inaugurada, este sábado, na Baía do Mindelo, em São Vicente, com a actuação de Mayra Andrade e a presença do primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva. Trata-se de  um espaço para promover a música, dança, artes plásticas, moda e outras indústrias criativas de África e da diáspora africana.

Publicidade

Foi ao som de diferentes ritmos africanos que o “Mansa Floating Hub” foi inaugurado na noite de sábado, na cidade do Mindelo, na ilha de São Vicente, em Cabo Verde.

O espaço, uma praça flutuante triangular isolada, foi desenvolvido a partir de um trabalho de investigação do arquitecto Kunlé Adeyemi e conta com três navios: um com uma sala de performance ao vivo; outro com um estúdio de gravação e outro dedicado à restauração e bar.

A plataforma cultural flutuante é um investimento do empresário maliano Samba Bathily de cerca de três milhões de dólares. Trata-se do primeiro investimento do género em África e foi concebido para promover a música, a dança, a moda e outras indústrias criativas de África e da diáspora africana.

“Os estúdios serão para a gravação dos artistas nacionais e também internacionais. Vamos criar um programa contínuo que desenvolve também as nossas vozes”, avançou à imprensa Emilienne Macauley, representante do  Grupo Africa Development Solutions.

Convidado a presidir à cerimónia de inauguração, o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, discursou em inglês e em português e disse que a visão do empresário maliano coincide com a visão do governo de Cabo Verde de transformar o país numa plataforma.

“É a nossa função sermos um país plataforma. Hoje, nós temos que ter caminhos de circulação da cultura, da ciência e da inovação para podermos crescer mais, criar mais economia, mais desenvolvimento e mais emprego”, afirmou Ulisses Correia e Silva.

A noite de inauguração do Mansa Floating Hub teve dança e desfile de trajes africanos e terminou com um espectáculo da cantora Mayra Andrade.

As actividades de inauguração prosseguem, este domingo, com  palestras e debates sobre a diversidade cultural africana e com o "Soul Nation Live Show", protagonizado por diversos artistas nacionais e internacionais, nomeadamente o compositor e produtor norte-americano, Teddy Riley, que já trabalhou, por exemplo, com Michael Jackson.

Oiça aqui a reportagem de Odair Santos:

Reportagem de Odair Santos, 15 de Agosto de 2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI