França/ literatura

Bernardo Carvalho é homenageado no Salão do Livro de Paris

Cartaz do Salão do Livro de Paris
Cartaz do Salão do Livro de Paris Divulgação

O Salão do Livro de Paris, que começa nesta sexta-feira, celebra 30 autores estrangeiros e 60 franceses em seu trigésimo aniversário. Bernardo Carvalho será um dos homenageados, ao lado do italiano Umberto Eco, do americano Paul Auster e dos principais escritores franceses.

Publicidade

Começa nesta sexta-feira, em Paris, a trigésima edição do Salão do Livro de Paris. Cerca de 900 editoras estão presentes nos 50 mil m² do centro de exposições Porte de Versailles, em Paris. 25 países possuem espaços próprios no Salão, entre eles o Brasil. O escritor Bernardo Carvalho será um dos homenageados, ao lado do italiano Umberto Eco, do americano Paul Auster e dos principais escritores franceses. Jornalista e autor brasileiro de "Mongólia” e "Filho da mãe", Carvalho participa de duas conferências: “Viajar para escrever” e “Sociedade como fonte de inspiração”.

A Fundação da Biblioteca Nacional representa o Brasil há mais de 10 anos. Georgina Staneck, coordenadora da fundação, apresenta uma seleção de 80 títulos premiados, reunindo o melhor da literatura brasileira. “De todos os países, a França é o nosso holofote. A literatura brasileira não é aceita facilmente, mas a gente tem conseguido emplacar alguns autores. A nossa prioridade é estimular a tradução”, afirma. 

A (LEU) Liga das editoras universitárias brasileiras, estará presente pela primeira vez no evento, trazendo a produção dos principais centros acadêmicos nacionais. Nesta edição, a expectativa é que 200 mil pessoas visitem o salão, atraídos pelos lançamentos e pela programação que reúne palestras, conferências, dedicatórias e encontros. Um dos destaques deste ano é o livro eletrônico, ou ebook.  O salão apresenta modelos de  última geração.

Crise

O mundo da edição também sente os efeitos da crise. Grandes editoras, como a Hachette, reduziram seus stands e outras cancelaram a presença, como lamentou o Ministro da Cultura francês, Frédéric Mitterrand, durante a abertura do salão. O Salão do Livro de Paris, maior evento literário da França e um dos maiores da Europa, acontece do 26 ao 31 de março.

Luiza Duarte, em colaboração para RFI

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI