Acesso ao principal conteúdo
Festival de Locarno

Filme gay censurado na Austrália é exibido na Suíça

Festival do filme de Locarno, Suíça.
Festival do filme de Locarno, Suíça. Flickr/ Najbo
Texto por: RFI
2 min

Começam hoje, aqui no Festival de Locarno, os Industry Days ou Feira de Mercado de Filmes, dando destaque a mais de dez filmes brasileiros em fase de finalização, com a participação de seis importantes produtoras brasileiras, Bossa Nova Films, Focus Films, Bananeira Filmes, Prodigo Films, Latina Studio e Academia de Filmes. O objetivo é o de interessar produtores estrangeiros na co-produção e internacionalização dos filmes.

Publicidade

Serão também exibidos os dois filmes de curta-metragem, "Ensolarado", de Ricardo Targino, na competição de curtas, e, num programa especial, "Nem Marcha nem Chouta", de Helvécio Marins Jr.

Ao contrário de festivais anteriores, em que a dominante dos filmes exibidos em Locarno era sobre temas sociais, nestes três primeiros dias, existem dois temas constantes – as relações sexuais mostradas de maneira realista e o incesto.

Ao contrário do Festival de Mellbourne, na Austrália, que retirou o filme gay pornográfico "Zombie", do canadense Bruce LaBruce, por pressão da censura, Locarno incluiu esse filme na competição internacional, e outro filme considerado pornográfico, "Homem no Banho", de Christophe Honoré, ambos com o mesmo ator do cinema pornográfico, François Sagat, contracenando em cenas não sexuais com Chiara Mastroianni, filha de Catherine Deneuve e Marcello Mastroianni, que recebeu ontem um prêmio especial por sua carreira.

Outro filme que provocará debate e controvérsias, na competição, é "Womb", co-produção germano-húngara, dirigida pelo húngaro Benedek Fliegauf, que inclui clonagem humana e incesto, com a mãe grávida do próprio filho. Um filme sérvio, Beli Beli Svet, também na competição pelo Leopardo de Ouro, tinha terminado com o suicídio do pai, ao saber que sua amante era sua própria filha.

O filme brasileiro "Luz nas Trevas", com roteiro de Rogério Sganzerla e co-dirigido por sua viúva e atriz, Helena Inês, será exibido na quarta-feira, dia 11.

Rui Martins, em colaboração de Locarno, para a RFI

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.