Gastronomia

Brasileiro concorre a prêmio de melhor sommelier do mundo

O brasileiro Diego Arrebola concorre ao prêmio do melhor sommelier do mundo em Tóquio.
O brasileiro Diego Arrebola concorre ao prêmio do melhor sommelier do mundo em Tóquio. Divulgação

Em Tóquio, 54 candidatos de todo o mundo disputam o título de melhor sommelier do mundo. Entre os candidatos, o brasileiro Diego Arrebola, consultor de restaurantes como o Gallo Nero em Campinas. As provas começam amanhã na capital japonesa.

Publicidade

Nesta sexta-feira, os amantes do vinho vão conhecer o melhor sommelier do mundo em um concurso realizado pela Associação Internacional de Sommeliers. O concurso acontece em Tóquio no Japão a partir de amanhã. Na última edição do evento no Chile, em 2010, o representante do Reino Unido, Gérard Basset, levou o título. “Um bom sommelier deve ter um bom conhecimento sobre vinhos, deve ser agradável e fazer com que os clientes apreciem bem os pratos”, revelou Serge Dubs, sommelier francês presidente do júri durante uma entrevista coletiva organizada na capital japonesa nesta terça-feira.

Dubs, que venceu o concurso em 1989, resumiu quais atributos deve ter o vencedor. Na sua avaliação, um «sommelier não deve se considerar uma estrela, mas, sim, oferecer um serviço perfeito e cordial a fim de agradar os clientes ». Para alcançar o título mundial, os candidatos selecionados terão que se submeter a uma série de provas eliminatórias que começam amanhã e vão até quinta-feira.

A final será realizada na sexta-feira entre três concorrentes que terão que ser avaliados diante de 5 mil espectadores. A maratona de testes inclui questões escritas e orais sobre os diversos tipos de vinhos, os critérios para harmonizar as bebidas com os pratos e até mesmo conhecimento de línguas estrangeiras. Muitos dos concorrentes chegaram até a tirarem uma licença para se dedicarem exclusivamente à preparação desse concurso. "Há seis meses parei minha atividade profissional para me preparar para essa competição", confessou o candidato cipriota  Vasos Manolis.

O brasileiro Diego Arrebola, que hoje atua como consultor independente, ganhou o direito de disputar o concurso internacional após ter vencido o concurso da Associação Brasileira de de Sommeliers no ano passado no Rio de Janeiro.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI