Literatura/Reino Unido

Criadora de Harry Potter publicou romance policial sob pseudônimo

J. K. Rowling, autora da saga Harry Potter, publicou um romance policial sob pseudônimo.
J. K. Rowling, autora da saga Harry Potter, publicou um romance policial sob pseudônimo. Getty Images/Ferdaus Shamim/WireImage

O jornal inglês The Sunday Times revelou que J. K. Rowling, a célebre - e milionária - criadora do bruxinho Harry Potter, publicou em segredo, sob o pseudônimo de Robert Galbraith, um romance policial aclamado pela crítica. Depois que a verdadeira identidade do autor foi revelada no último domingo o livro se tornou um fenômeno de vendas.

Publicidade

O livro, "The Cuckoo's Calling" (O Chamado do Cuco, em tradução livre), conta a investigação de um ex-soldado sobre a morte de uma manequim e foi apresentado como um primeiro romance inspirado pelas próprias experiências de Robert Galbraith, um ex-integrante da polícia militar britânica.

Os críticos falaram de "um primeiro romance deslumbrante" e de uma obra "de uma extraordinária maturidade". Duvidando que um primeiro livro pudesse ser tão bem escrito, o Sunday Times acabou descobrindo que Robert Galbraith era o pseudônimo de J. K. Rowling.

"Eu gostaria de manter o segredo por mais algum tempo, porque Robert Galbraith foi uma experiência realmente libertadora", reconheceu a escritora, de 47 anos. "Foi maravilhoso publicar um livro sem expectativas e sem cobertura midiática, e foi um puro prazer ter opiniões sobre meu trabalho sob um outro nome", acrescentou ela.

Até a revelação do Sunday Times apenas 1.500 exemplares do livro, publicado em abril, haviam sido vendidos. Mas desde então ele subiu para o topo da lista dos mais vendidos no site Amazon.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI