Acesso ao principal conteúdo
Louvre/escultura

Louvre pede doações para restaurar escultura grega

A estátua "Vitória de Samotrácia", no museu do Louvre, em Paris.
A estátua "Vitória de Samotrácia", no museu do Louvre, em Paris. Wikimedia Commons
2 min

A Vitória de Samotrácia, que representa a deusa grega Niké (“vitória”), uma das principais atrações do museu do Louvre, ao lado da Monalisa e da Vênus de Milo, vai passar por um grande processo de restauração. A instituição vai lançar um apelo por doações individuais, com a expectativa de angariar um milhão de euros até o final do ano para financiar parte dos custos, estimados em 4 milhões de euros.

Publicidade

A Vitória de Samotrácia, que representa a deusa grega Niké (“vitória”), é uma das atrações do museu do Louvre, ao lado da Monalisa e da Vênus de Milo. A instituição vai lançar um apelo por doações individuais para o restauro da obra, com a expectativa de angariar um milhão de euros até o final do ano para financiar parte dos custos, estimados em 4 milhões de euros.

A estátua de mármore, de autor desconhecido, foi realizada por volta de 220 e 190 AC. Ela está no museu francês desde 1883. A partir de terça-feira, a obra vai começar a ser preparada para ser removida para uma sala especial para os trabalhos de recuperação.

A restauração deve durar até meados de 2014. Paralelamente, a escadaria que serve de pedestal para a estátua também será renovada. O acesso, que recebe sete milhões de pessoas por ano (70% dos visitantes do Louvre), vai continuar em funcionamento.

Dos quatro milhões de euros estimados para todo o processo de renovação, o Louvre já reuniu três milhões, graças ao mecenato de empresas como a Nippon Television Holdings, Fimalac e Bank of América Merrill Lynch. Com a campanha “Todos mecenas”, o museu espera reunir mais um milhão de euros em quatro meses. As doações também poderão ser feitas pela internet.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.