Show/Monty Python

Comediantes do Monty Python voltam ao palco após 34 anos

O grupo de comédia britânico, Monty Python 30 anos depois, da esquerda para direita: Eric Idle, John Cleese, Terry Gilliam, Michael Palin e Terry Jones
O grupo de comédia britânico, Monty Python 30 anos depois, da esquerda para direita: Eric Idle, John Cleese, Terry Gilliam, Michael Palin e Terry Jones REUTERS/Paul Hackett

Com dançarinas em trajes sumários, um papagaio morto e o astrofísico Stephen Hawking, a trupe “cult” de comediantes britânicos Monty Python, volta aos palcos nesta terça-feira (1°), após uma ausência de 34 anos. Em coletiva de imprensa ontem, em Londres, eles prometeram um show de reencontro espetacular e, claro, “muito idiota”.

Publicidade

Todos na faixa de 70 anos, os cinco integrantes do grupo – John Cleese, Michael Palin, Terry Gilliam, Eric Idle e Terry Jones – se apresentam durante dez noites no Arena O2. O sexto Python, Graham Chapman, morreu de câncer em 1989, aos 48 anos.

O espetáculo, que custou 4,5 milhões de libras (equivalente a 17 milhões de reais), mistura sketches, canções e danças. Os ingressos para o show de estreia se esgotaram em 44 segundos em novembro.

Piadas

“Fico cansado já depois do primeiro número”, avisou Michael Palin, 71 anos, que se firmou como documentarista e escritor. O americano Terry Gilliam, 73, que dirigiu filmes como “Brazil – o Filme” e “Pescador de Ilusões”, disse achar “deprimente” voltar a atuar juntos depois de quase quatro décadas construindo carreiras de sucesso.

O Monty Python surgiu na TV inglesa nos anos 70, tendo como marca registrada um novo tipo de comédia visual e muitas situações brilhantemente absurdas. O sucesso global veio com filmes como “A Vida de Brian” e “O Sentido da Vida”.

A última apresentação do grupo, no dia 20 de julho, vai ser transmitida ao vivo para cinemas em vários países. John Cleese, 74, garantiu que vai ser realmente o último.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI