Acesso ao principal conteúdo
#coronavírus

Covid-19: Senegal homenageia Pape Diouf

O antigo presidente do Olympique de Marseille, Pape Diouf, a 24 de Janeiro de 2010 no Estádio Nacional do Chiazi, em Cabinda, para assistir ao Campeonato Africano das Nações.
O antigo presidente do Olympique de Marseille, Pape Diouf, a 24 de Janeiro de 2010 no Estádio Nacional do Chiazi, em Cabinda, para assistir ao Campeonato Africano das Nações. AFP - ISSOUF SANOGO
Texto por: Cândido Camará
1 min

A morte do antigo presidente do clube francês Olympique de Marseille, Pape Diouf, emocionou os futebolistas em todo o mundo, mas no Senegal a tristeza era palpável. O presidente senegalês, Macky Sall, disse que "o Senegal perdeu um grande homem, um monumento". Pape Diouf é a primeira vítima do Covid-19 no Senegal.

Publicidade

Correspondência de Dacar 1/4/2020

A primeira vítima mortal do novo coronavírus no Senegal é um conhecido homem do desporto: Pape Diouf, antigo jornalista e antigo presidente do clube francês Olympique de Marseille. Morreu esta terça-feira no hospital Fann de Dacar. Chegou a ser equacionado o seu repatriamento para Nice, no sul de França, mais Pape Diouf acabaria por falecer.

No Senegal, o ambiente é de emoção, de tristeza e de consternação. O Presidente Macky Sall prestou-lhe uma vibrante homenagem e frisou que o Senegal perdeu “um grande homem, um monumento” e uma figura do desporto, particularmente do futebol. “Perdemos a voz de um gigantesco homem do futebol”, sublinhou o chefe da Nação senegalesa.

Os números da pandemia do novo coronavírus no Senegal traduzem-se em 190 casos, 45 já estão curados e 145 encontram-se em tratamento. Pape Diouf é a primeira vítima mortal. O primeiro caso oficial do novo coronavírus surgiu a 2 de Março no Senegal.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.