Acesso ao principal conteúdo
Desporto

O cartaz dos quartos-de-final da "Champions" em Lisboa

Áudio 08:28
Lisboa vai acolher a fase final da "Champions" num formato inédito devido à pandemia de covid-19.
Lisboa vai acolher a fase final da "Champions" num formato inédito devido à pandemia de covid-19. AFP - NICK POTTS
Por: Carina Branco
23 min

Contagem decrescente para os quartos-de-final da Liga dos Campeões de futebol, em Lisboa. Uma prova que decorre num formato inédito, devido à pandemia de covid-19. Neste programa, analisamos o cartaz dos quartos-de-final com o jornalista desportivo Rodrigo Coimbra.

Publicidade

O cartaz dos quartos-de-final da Champions já está desenhado: esta quarta-feira, o estádio da Luz é palco do Atalanta-Paris Saint-Germain; na quinta-feira, o estádio José Alvalade recebe o Leipzig-Atlético de Madrid; na sexta-feira é a vez do FC Barcelona-Bayern Munique, no estádio da Luz e, no sábado, o estádio José Alvalade recebe o Manchester City-Lyon.

Para analisar este cartaz, o jornalista desportivo Rodrigo Coimbra, do jornal online zerozero.pt.

“O jogo maior do cartaz, na minha opinião, é entre o Barcelona e o Bayern Munique. São duas equipas muito fortes, duas equipas que são reconhecidas pela sua capacidade colectiva, mas também pelo seu talento individual que é muito. Para mim, é aquele jogo que poderá despertar maior interesse a todos os adeptos de futebol.

Depois, também temos um duelo muito interessante que é o Leipzig contra o Atlético de Madrid. O Atlético de Madrid é reconhecido pela sua capacidade defensiva, a estratégia do Simeone para travar o Leipzig que é um clube que conta com um treinador bastante jovem mas bastante promissor e que tem apresentado ao longo dos últimos anos um futebol de muita qualidade (...)

As apostas para passar à próxima fase, neste caso, entre a Atalanta e o PSG, eu diria que será o Paris Saint-Germain. Depois, o Atlético de Madrid. O Bayern Munique penso que será uma das grandes surpresas porque estamos a falar do Barcelona mas penso que o Bayern chega melhor preparado a esta fase. Depois, o Machester City tem para mim o duelo mais fácil e penso que não há grandes dúvidas em relação à passagem do Manchester City.”

Este domingo, o Atlético de Madrid anunciou que se registaram dois casos positivos de covid-19 entre os membros da equipa. Para Rodrigo Coimbra, “a situação acaba por criar sempre um pouco de medo em torno da equipa e em torno da prova”, mas “o caso está bem sinalizado”, por isso, não acredita que “esteja em risco o jogo e a competição”.

Além dos quatro apurados de Março, antes da interrupção da prova, Atalanta, Leipzig, Paris Saint-Germain e Atlético Madrid, o lote das 8 equipas que disputam o título surge depois de um fim-de-semana marcado pela eliminação da Juventus pelo Lyon. A “Juve” até venceu o jogo por 2-1, mas os dois golos de Cristiano Ronaldo não foram suficientes para evitar a eliminação do conjunto italiano devido ao golo sofrido em casa.

O craque português - que a 5 de Agosto era descrito pelo jornal francês L’Equipe como “o homem que valia mil milhões de euros” e como uma “máquina de fazer dinheiro”, não só pelos resultados desportivos mas também pelos contratos de publicidade - fechou a época 2019/20, com 48 golos, mas a única alegria da época foi o título italiano, já que perdeu a final da Taça de Itália, a Supertaça e caiu nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Contratado por 100 milhões de euros ao Real Madrid em 2018, o português era visto como a arma ideal para vencer a Champions, que escapa à Juventus desde 1996, mas dois anos depois, esse objectivo continua por concretizar. Ronaldo também não conseguiu ser eleito o melhor jogador do campeonato transalpino, sendo batido pelo argentino Paulo Dybala, seu companheiro de equipa.

“O Cristiano Ronaldo é um jogador de muitos desafios. Saiu da sua zona de conforto, estava há muitos anos em Madrid, mudou-se para Turim para ganhar mais títulos, não só a nível interno porque isso já o conseguiu – já venceu dois campeonatos italianos e uma Supertaça – mas mudou-se com essa ideia de conquistar a Liga dos Campeões para um clube que também procura esse objectivo há muitos anos.

A verdade é que as coisas não têm corrido bem. Na temporada passada, não conseguiram passar os quartos-de-final, portanto, acredito que seja frustrante para ele. O próprio Ronaldo escrevia ontem nas redes sociais que acabava por ser um pouco frustrante isso (...)

Ele tem mais dois anos de contrato, é verdade. Agora, resta saber se realmente vai continuar e se vai cumprir esse contrato. Tem-se falado muito recentemente do interesse do Paris Saint-Germain. Fala-se que já há umas conversações para essa mudança para Paris. A verdade é que, apesar dos seus 35 anos, é um homem de muitos desafios e é certamente mais um país e um campeonato onde iria brilhar e ter oportunidade de conquistar mais títulos pelo Paris Saint-Germain que também é uma equipa de topo a nível mundial e que também procura essa conquista europeia”, considera Rodrigo Coimbra.

A eliminação da Juventus da Liga dos Campeões custou o cargo a Maurizio Sarri, que foi despedido, e o campeão do mundo pela Itália, em 2006, Andrea Pirlo é o novo treinador.

No resto dos jogos, o Manchester City eliminou, na sexta-feira, o Real Madrid, ao vencer em casa os espanhóis por 2-1. Na primeira mão, os ingleses tinham vencido no Santiago Bernabéu pelo mesmo resultado.

No sábado, o FC Barcelona venceu por 3-1 na recepção ao Nápoles, depois de ter empatado a uma bola em Itália, na primeira mão, disputada há mais de cinco meses.

O Bayern Munique, que tinha ganho no reduto do Chelsea por 3-0, voltou a bater a equipa inglesa, desta vez por 4-1.

À semelhança dos quartos-de-final, as meias-finais vão ser a uma só mão, a 18 e 19 de Agosto. A final está marcada para 23 de Agosto, no Estádio da Luz.

Desporto

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.