Roland Garros

Barbora Krejcikova vence Roland Garros

Vencedora Roland Garros
Vencedora Roland Garros © Pierre René-Worms

A checa Barbora Krejcikova, actual número 33 do mundo, conquistou este sábado, 12 de Junho, o título de Roland Garros nesta que foi a sua quinta participação em Grand Slams.

Publicidade

Um encontro que durou quase duas horas numa final inesperada e inédita que opôs aqui no corte central Philippe Chatrier Anastasia Pavlyuchenkova a Barbora Krejcikova.

Com os parciais 6-1, 2-6 e 6-4 a final feminina de Roland Garros fica marcada por duas estreantes.

Em pares, Krejcikova ganhou Roland Garros e Wimbledon em 2018, foi à final do Open da Austrália deste ano e atingiu mais cinco meias-finais de Grand Slam em singulares. Esta foi apenas a quinta participação, e o melhor de sempre.

A russa Anastasia Pavlyuchenkov (32ª) e a chega Barbara Krejcikova (33ª) sonharam por este dia, chegar à final de um Grand Slam.

Pavlyuchenkova participou em 52 torneios de Grand Slam para chegar a este final e estar perto do título de Roland Garros. Ao longo da carreira, a atleta russa de 29 anos chegou seis vezes a quartos-de-final.

Nos últimos seis anos, nenhuma tenista russa chegou a uma final de Grand Slam, a última a fazê-lo foi Sharapova na Austrália em 2015, afastada por Serena Williams.

Depois da desistência antes do arranque do torneio de Simona Halep, e da desistência de Naomi Osaka antes da segunda ronda, da saída de Ashleigh Barty também na segunda ronda e das desfeitas de Bianca Andreescu, Karolina Pliskova e Belinda Bencic , Elina Svitolina e Aryna Sabalenka, Serena Williams e Sofia Kenin, Iga Swiatek, rapidamente deixou de haver Top 10 no quadro principal.

Pares femininos em Roland Garros

Em pares, Krejcikova ganhou Roland Garros e Wimbledon em 2018, foi à final do Open da Austrália em 2021 e atingiu mais cinco meias-finais de Majors; em singulares, fazia apenas a quinta participação, tendo como melhor registo a quarta ronda em Paris no ano passado. E foi neste contexto que chegou pela primeira vez a uma final do Grand Slam aos 25 anos.

Amanhã, a checa Barbara Krejcikova vai tentar ir ainda mais longe. Além da final feminina, vai tentar arrecadar  mais um título das duplas, ao lado da parceira de sempre, Siniakova. A última tenista a fazer este feito e ficar com dois prémios em Roland Garros, foi a francesa Mary Pierce, em 2000. 

Ouça a Crónica de Lígia Anjos.

Crónica de Lígia Anjos 12-06-2021

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI