Política monetária

Mantega e Meirelles encontram investidores americanos

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.
O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles. Valter Campanato / ABr

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles se reuniram nessa segunda-feira em Nova York com investidores internacionais para falar da atual situação financeira do Brasil. O destaque do encontro foi a grande valorização do real face ao dólar e as medidas tomadas pelo governo para segurar o câmbio.

Publicidade

Mantega declarou que o Brasil está tomando todas as medidas necessárias para preservar a indústria nacional e as exportações. Segundo o ministro, não foi o real que supervalorizou, mas sim o dólar que perdeu valor. Ele considera que, a partir do segundo semestre, a situação financeira dos Estados Unidos deve melhorar, o que facilitará a auto-regulação do câmbio. Mantega sublinhou o aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e disse que os resultados levam tempo para aparecerem. Ouça o ministro brasileiro:

Ministro da Fazenda, Guido Mantega.

 

 

 

 

 

Mantega disse ainda que o Brasil continuará tendo um crescimento sustentável e que o país está realizando ajustes na economia para poder reduzir o crescimento e não provocar um superaquecimento, controlar a inflação e promover uma melhoria fiscal. Já Meirelles, ao falar pela primeira vez para investidores americanos em Nova York depois de deixar o cargo, ponderou que uma moeda forte há pontos positivos e negativos:

Ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI