Economia/Brasil

ONU reduz previsão de crescimento do Brasil em 2012

Segundo a ONU, o PIB mundial poderia crescer apenas 0,5% esse ano.
Segundo a ONU, o PIB mundial poderia crescer apenas 0,5% esse ano. REUTERS/John Schults

As Nações Unidas afirmam que o Brasil crescerá 2,7% neste ano, um índice inferior ao previsto pelas expectativas do mercado financeiro e abaixo da média latino-americana. O relatório da ONU divulgado nesta terça-feira também apresenta estimativas pessimistas para o Produto Interno Bruto (PIB) mundial, que poderia aumentar apenas 0,5% em 2012.

Publicidade

O relatório “Situação e perspectivas da economia mundial 2012” das Nações Unidas confirma a instabilidade financeira mundial e faz estimativas bem mais pessimistas que as previsões avançadas pelo mercado financeiro. No caso do Brasil, a ONU revisa suas próprias projeções feitas no ano passado e anuncia um crescimento de 2,7% em 2012 - inferior aos 3,27% previstos pelos analistas econômicos e bem abaixo dos 4,5% almejados pela presidente Dilma Rousseff. O estudo também traz um cenário pessimista. Segundo o documento, se os europeus não vencerem a crise, o desempenho brasileiro esse ano poderia ser de apenas 0,5%.

Mas o que mais preocupa são as perspectivas nos países ricos. Segundo o relatório, as economias desenvolvidas estão à beira de uma espiral negativa revelada por quatro fraquezas: as dificuldades em matéria de dívida soberana, a fragilidade do setor bancário, a fraca demanda agregada (associada ao desemprego e as medidas de austeridade fiscal) e a paralisia política causada por dificuldades institucionais. Esses aspectos já fazem parte do cenário econômico, “mas se a deterioração continuar, ela poderá desencadear um círculo vicioso que desembocaria em graves problemas financeiros e uma deterioração econômica”, pode-se ler no documento.

Segundo o estudo, na melhor das hipóteses, o PIB global vai progredir cerca de 2,6% em 2012 e 3,2% em 2013. Mas o documento também traz um panorama pessimista, com um aumento de apenas 0,5% esse ano.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI