Acesso ao principal conteúdo
EUA/FMI

Diretora do FMI pede ajuda aos EUA

Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, discursa no encontro anual da Associated Press, em Washington.
Christine Lagarde, diretora-gerente do FMI, discursa no encontro anual da Associated Press, em Washington. Reuters
Texto por: RFI
2 min

A diretora-gerente do FMI, Christine Lagarde, ressaltou hoje a importância da união de todos os países face à crise econômica. Ela solicitou o apoio dos americanos para aumentar os recursos financeiros do Fundo Monetário Internacional a fim de ajudar os países mais fragilizados pela crise econômica.

Publicidade

“Nós estamos aqui para servir aos nossos membros, dos quais os Estados Unidos fazem parte. Então, ajudem-nos”, disse a diretora do FMI em discurso nesta terça-feira em Washington.

Christine Lagarde afirmou que todas as nações devem se unir face ao desafio econômico imposto pela crise e ressaltou a importância do papel dos Estados Unidos.

«A lição é simples: junta, a comunidade internacional pode conseguir o que o indivíduo não consegue sozinho, e assim todo mundo aproveita. Nós devemos reunir os recursos mundiais.”

Favoráveis a triplicar os recursos do FMI em 2009, os americanos se mostram hoje hostis a qualquer esforço suplementar.

Eles não assinaram, por exemplo, uma reforma que deveria dobrar o capital da instituição e que os faria colaborar com US$ 63 bilhões, o equivalente a R$ 115 bilhões.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.