Acesso ao principal conteúdo
Europa/Crise

FMI libera empréstimo de € 5,7 bi para Portugal

Um operador do mercado financeiro monitora a venda dos títulos públicos portugueses nesta quarta-feira, em Lisboa.
Um operador do mercado financeiro monitora a venda dos títulos públicos portugueses nesta quarta-feira, em Lisboa. REUTERS
Texto por: RFI
2 min

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta quarta-feira a liberação de € 5,7 bilhões (R$ 12,41 bilhões) para Portugal, como parte do programa de ajuda à recuperação de suas finanças públicas. A instituição justificou a decisão com os recentes avanços do país no que diz respeito às reformas orçamentárias e principalmente à restruturação das empresas públicas.

Publicidade

O FMI e a União Europeia estabeleceram um plano de resgate de três anos para Portugal de um valor total de € 78 bilhões.

Esse programa e as medidas de austeridade econômica que o acompanham começam a dar frutos: nesta quarta-feira, Portugal conseguiu levantar € 1 bilhão vendendo títulos da dívida pública a 18 meses no mercado, o prazo mais longo para empréstimos do último ano.

Segundo Nemat Shafik, diretora geral adjunta do FMI, Portugal terá que garantir uma aplicação enérgica do plano para recuperar a confiança dos mercados. Ela acrescentou no entanto que o objetivo de déficit para 2012 provavelmente será atingido.

"A aplicação de políticas previstas pelo plano progrediu bem e os primeiros sinais indicam que o ajuste econômico exigido está acontecendo", comentou Shakif.

O FMI criou um mecanismo ampliado de crédito para Portugal, que permite um acesso acelerado ao crédito. A instituição afirma ter concedido um total de € 18,56 bilhões em empréstimos para o país por meio desse mecanismo.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.