Acesso ao principal conteúdo
Economia/Ásia

China terminará 2012 com crescimento mais baixo dos últimos 13 anos, diz Banco Mundial

A China deve encerrar o ano com um crescimento de 7,7%, segundo a previsão do Banco Mundial.
A China deve encerrar o ano com um crescimento de 7,7%, segundo a previsão do Banco Mundial. REUTERS/Stringer
Texto por: RFI
2 min

A economia chinesa vai crescer apenas 7,7% este ano. A previsão é do Banco Mundial e foi anunciada nesta segunda-feira em Cingapura, onde foi divulgado um relatório sobre a região do sudeste da Ásia e do Pacífico.

Publicidade

O Banco Mundial acreditava em um crescimento da China de 8,2% neste ano. Se for confirmada a previsão de queda para 7,7%, o crescimento da segunda maior potência econômica mundial será o mais baixo dos últimos 13 anos.

No ano passado a China cresceu 9,3%. " A desaceleração da China este ano é significativa e alguns temem que possa se agravar", alertaram os especialistas do Banco Mundial.

No entanto, eles preferem olhar para o futuro com mais otimismo. Para o Banco Mundial, as medidas adotadas por Pequim para relançar os investimentos, como a redução de taxas de juros para o crédito, devem evitar uma queda acentuada da economia e fazer o país voltar a crescer em 2013.

Para estabilizar as exportações, o governo chinês anunciou recentemente a diminuição de encargos e maior facilidade para as empresas que vendem seu produtos para o exterior.

O relatório confirma também que o desempenho da China terá repercussões negativas para o conjunto de países do leste da Ásia e do Pacífico, que crescerá 7,2% este ano, ou seja, um ponto a menos que no ano passado.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.