Acesso ao principal conteúdo
Economia/ OCDE

Relatório da OCDE mostra desaceleração de países emergentes

Sede da OCDE fica em Paris.
Sede da OCDE fica em Paris. OCDE
Texto por: RFI
2 min

A economia dos países desenvolvidos está voltando a ganhar ritmo enquanto o crescimento nas principais economias emergentes desacelera, afirmou na segunda-feira a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico. A OCDE, com sede em Paris, informou que, em média, o último indicador antecedente composto mensal dos 33 países-membros subiu de 100,5, em abril, para 100,6 em maio.

Publicidade

A ligeira melhora é simbolizada pela elevação da medida, que identifica sinais de mudança na atividade econômica, para acima da média de longo prazo, estabelecida em 100. No caso do Brasil, que vive uma desaceleração econômica, o índice baixou mais uma vez, de 99,3 para 99,1.

A economia chinesa perdeu mais velocidade e registrou 99,6, contra 99,5 em abril, enquanto a leitura para a Rússia caiu para 98,9, ante 99,2. Na contramão da tendência de economias emergentes, a Índia viu seu índice subir para de 97,5 para 97,6.

"O indicador aponta para melhora moderada do crescimento na maioria das principais economias da OCDE, mas em grandes economias emergentes o indicador aponta para uma estabilização ou desaceleração da força", disse a organização, em comunicado.

O Japão, beneficiando-se de uma forte rodada de estímulo monetário, liderou entre os países desenvolvidos, com uma leitura de 101,3, ante 101,1 em abril. O registro para os Estados Unidos ficou inalterado em maio, em 101,0, o que segundo a OCDE sinaliza crescimento firme, em um momento em que o banco central do país avalia se reduzirá seu programa de estímulo.

Também a zona do euro registrou melhora, com a leitura subindo para 100,3 ante 100,1. Um caso sintomático foi o da Itália, que apesar da grave crise econômica, vê a situação evoluir positivamente: a leitura subiu de 100,1 para 100,3.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.