Economia

França têm desempenho econômico melhor que o esperado no 3° trimestre

O Ministro da Economia Michel Sapin.
O Ministro da Economia Michel Sapin. REUTERS/Charles Platiau

O desempenho da economia francesa foi melhor que o esperado. O país registrou aumento de 0,3% do PIB no terceiro trimestre do ano, acima das expectativas. Mas economistas afirmam que país deve manter a “humildade”.

Publicidade

A economia francesa teve crescimento de 0,3 % nos primeiros três meses deste ano, após contração de 0,1 % no trimestre anterior. Os números revisados foram publicados nesta sexta-feira (14) pelo Insee, o órgão oficial de estatísticas. O desempenho surpreendeu analistas de mercados que estimavam um crescimento de 0,2 % para o período na segunda maior economia da zona do euro.

O resultado trimestral da França foi superior ao da Alemanha e ao da Itália. Em comunicado, o ministro das Finanças, Michel Sapin, afirmou que a atividade econômica ainda está “muita fraca para gerar empregos”. Ainda segundo o ministro, os dados divulgados hoje reforçam a previsão do governo de que a França cresça 0,4% este ano. Essa taxa de crescimento, porém, representa menos da metade da previsão inicial. No começo do ano, a equipe econômica esperava que a França fosse crescer pelo menos 1% ao final de 2014.

Alemanha escapa da recessão

A economia da Alemanha cresceu 0,1% no terceiro trimestre deste ano graças ao aumento nos gastos dos consumidores e um pequeno impulso de comércio exterior. A locomotiva da Europa afasta assim o risco de uma recessão, marcada por dois trimestres consecutivos de queda no PIB.

As bolsas europeias reagiram positivamente à publicação dos dados da Alemanha e da França. No meio do dia, o índice CAC 40 subiu 0,05%. Em Frankfurt, o DAX teve alta de 0,20%.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI