Brandão é liberado da prisão preventiva, mas justiça mantém investigação.

O jogador Brandão do Marselha.
O jogador Brandão do Marselha. Amarhgil

O atacante Brandão, do Olympique de Marselha, foi liberado da prisão preventiva na noite dessa quarta-feira. O atacante responde a uma acusação de estupro de uma jovem.

Publicidade

De acordo com a advogada do brasileiro, Patrícia Clusan, o jogador ganhou liberdade diante de uma autorização judicial, mas foi formalmente acusado pelo crime. Ainda segundo a advogada, a jovem teria retirado a queixa, mas a ação publica deve manter a investigação para esclarecer o caso.

O presidente do Marselha, Jean-Claude Dassier, disse nessa quarta-feira que iria se reunir com o atacante os outros membros do time para decidir como o jogador poderia reintegrar o grupo. Em um comunicado publicado no site do clube, Dassier diz que todos sabem que uma acusação não significa culpa. Disse também que respeita o principio da justiça de presunção de inocência. Ele também informou que vai falar com a torcida e aos sócios do Marselha na tarde dessa quinta-feira, antes do treino.

O jogador de 30 anos foi detido de maneira preventiva na terça-feira, quando se encontrava em seu domicilio. A jovem, de 23 anos, o acusa de tê-la estuprado no carro do jogador quando voltavam de uma boate na semana passada.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI