Acesso ao principal conteúdo
Fórmula 1

Sebastian Vettel fatura GP da Itália e está próximo do título

O alemão Sebastien Vettel se emociona durante a cerimônia de premiação.
O alemão Sebastien Vettel se emociona durante a cerimônia de premiação. Reuters
3 min

O alemão Sebastien Vettel da Red Bull deu um grande passo para a conqusita do campeonato mundial após vencer neste domingo o GP da Itália, disputado no circuito de Monza. Ele cruzou a linha de chegada à frente do britânico Jenson Button e do espanhol Fernando Alonso e comemorou sua oitava vitória em treze corridas na temporada.

Publicidade

Vettel assumiu a liderança do GP na quarta volta, superando o espanhol Alonso e dominou toda a prova até a bandeira final. Com a vitória ele dispara na liderança com 284 pontos, 112 à mais que o segundo colocado na classificação geral, o espanhol Fernando Alonso, da Ferrari.

Faltando 6 corridas e com apenas 150 pontos em disputa, o título dificilmente escapa das mãos do piloto alemão, de 24 anos, já campeão no ano passado. Vencedor do GP da Itália em 2008, o piloto se emocionou ao pisar no pódio.

Em entrevista coletiva após a corrida, Sebastien Vettel explicou que as lágrimas nos olhos durante a entrega do troféu, foram a expressão de quem reviveu momentos inesquecíveis na carreira. "Foi muito emocionante. Este circuito é muito importante para mim. Foi aqui que ganhei pela primeira vez", recordou o piloto.

Apesar da ampla vantagem 112 pontos sobre o segundo colocado na classificação geral, o alemão não canta vitória antecipada. "Eu me permito dizer que estou em uma posição muito favorável para conquistar o título. Se você perguntar ao (Lewis) Hamilton ou ao (Fernando) Alonso se gostariam de trocar o lugar deles comigo, certamente diriam sim. Mas só quando estiver conquistado (o título) e não antes", concluiu.

Brasileiros

Felipe Massa, da Ferrari, foi o brasileiro melhor colocado. Ele terminou o GP da Itália em sexto lugar, atrás do alemão Michale Schumacker. E o brasileiro Bruno Senna, da Renault, sobrinho de Ayrton Senna, chegou em nono lugar e marcou seus primeiros pontos na carreira. Rubens Barrichelo, da Wiliams, terminou a corrida em décimo segundo lugar.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.