FIFA elogia avanços nas obras da Copa de 2014

O secretário-geral da FIFA Jérôme Valcke segura uma "caipirinha" durante coletiva de imprensa sobre os preparativos para a Copa de 2014, em Brasília.
O secretário-geral da FIFA Jérôme Valcke segura uma "caipirinha" durante coletiva de imprensa sobre os preparativos para a Copa de 2014, em Brasília. REUTERS/Ueslei Marcelino

De volta à Zurique, sede da FIFA, após uma visita de 5 dias ao Brasil, o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, disse que pela primeira vez teve uma percepção global da situação dos estádios que sediarão a Copa do Mundo de 2014 e , com o que viu e ouviu, dissipou suas dúvidas de que o país tem mesmo o desejo de sediar a competição.

Publicidade

“Todos os relatos negativos da mídia nos últimos meses quase me fizeram duvidar se os brasileiros queriam realmente sediar a Copa do Mundo FIFA - algo até impossível de imaginar, eu sei, porque há uma coisa que todos os fãs do futebol sonham em vivenciar: o jeito brasileiro de sediar uma Copa do Mundo”, escreveu Valcke em um artigo publicado no site da FIFA.

Em tom elogioso, o secretário-geral da FIFA descreveu a acolhida carinhosa que teve do povo brasileiro e da primeira visita, ao lado de Ronaldo e do ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, às cidades de Fortaleza e Salvador.

“Os operários garantiram ao Ronaldo e a mim que irão trabalhar sem parar para entregar os estádios no prazo”, destacou Valcke, confirmando que os trabalhadores receberão ingressos para os jogos de abertura, como foi feito no Mundial da África do Sul, em 2010.

“O compromisso de preparar a melhor Copa do Mundo da FIFA, o alto nível de planejamento e detalhes para garantir não só uma operação integrada e bem desenvolvida para o evento, mas um legado sustentável social, de infra-estrutura e do meio ambiente foram uma das principais lições desta viagem”, afirmou.

Evitando críticas aos organizadores locais da Copa, Jérôme Valcke disse, no entanto, que a FIFA, o Comitê Organizador Local e o governo brasileiro ainda têm muito o que fazer pela frente. Citando o comprometimento do ministro dos Esportes, do Congresso e do Comitê da Copa, o secretário disse estar otimista com a aprovação, em março, do orçamento para o evento de 2014.

Valcke termina o artigo informando que em março irá visitar as cidades de Brasília, Cuiabá e Recife na companhia de Pelé e Ronado, dois ícones inesquecíveis do Mundial de futebol.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI