Futebol/Olimpíadas

Brasil sofre, mas bate Honduras por 3 a 2 e vai à semifinal

Jogadores brasileiros comomoram vitória por 3 a 2 contra Hoduras nos Jogos Olímpicos de Londres.
Jogadores brasileiros comomoram vitória por 3 a 2 contra Hoduras nos Jogos Olímpicos de Londres. REUTERS/David Moir

O Brasil venceu a seleção masculina de futebol de Honduras por 3 a 2 e assegurou um lugar nas semifinais dos Jogos Olímpicos de Londres. Num jogo tenso, os hondurenhos abriram o placar, mas acabaram tendo dois jogadores expulsos. Na próxima terça-feira, o Brasil enfrenta a Coreia do Sul que venceu a Grã-Bretanha nos pênaltis.

Publicidade

O grande nome do jogo foi Leandro Damião que marcou duas vezes. O primeiro gol foi decisivo para encostar o placar e assegurar a virada brasileira. O Brasil chegou a tomar mais um susto com um novo gol de Honduras logo no começo do segundo tempo. Pouco tempo depois, Leandro Damião sofreu uma falta na pequena área e o Brasil pôde cobrar um pênalti. A oportunidade não foi desperdiçada por Neymar. Fechando o placar, Damião marcou novamente e garantiu a busca pelo ouro olímpico.

Apesar do bom desempenho do ataque, a seleção brasileira mostrou várias falhas na defesa que deixou o caminho livre para os gols de Martiez e Espinoza. Apontada por vários comentatristas esportivos como o ponto mais vulnerável da equipe, a zaga sofreu com a pressão de Honduras que continuou a tentar marcar até o final do jogo. O grupo comandado por Mano Menezes voltará a campo na próxima terça-feira em Manchester.

Dia olímpico brasileiro

No basquete masculino, o Brasil passou fácil pela China e ganhou por 98 a 59. No vôlei de praia, a dupla brasileira Alison e Emanuel venceu os alemães Erdman e Matysik e garantiu um lugar nas quartas de final. O próximo adversário dos brasileiros é a dupla polonesa Fijalek e Prudel. A outra dupla brasileira Ricardo e Pedro Cunha também já assegurou um lugar nas quartas de final. Já no vôlei de praia feminino, Maria Elisa e Talita foram eliminadas pela dupla da Republica Tcheca Kolocova e Slukova por 2 sets a 1.

No atletismo, a campeã mundial em 2011, Fabiana Murer decepcionou e não alcançou a classificação para a final do salto com vara. A atleta, que era uma das grandes esperanças de medalha, ficou apenas com a décima quarta colocação. Apenas as 12 primeiras foram para a final.  No triatlo feminino, a brasileira Pâmela Oliveira começou bem a competição, mas na prova de ciclismo caiu e terminou, longe do pódio, na trigésima posição.

A supresa do dia veio da vela com a dupla Fernanda Oliveira e Ana Barbachan que venceu a quarta regata da categoria 470. Amanhã, se mantiverem o bom resultado nas duas regatas previstas, podem brigar por uma medalha.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI