Acesso ao principal conteúdo
Ciclismo/Doping

COI estuda retirar medalha de bronze de Armstrong nas Olimpíadas de Sidney

O ciclista americano Lance Armstrong.
O ciclista americano Lance Armstrong. REUTERS/Mike Hutchings/Files
2 min

O Comitê Olímpico Internacional (COI) informou nesta sexta-feira que vai analisar a possibilidade de retirar a medalha de bronze do ciclista Lance Armstrong conquistada na prova contra o relógio nas Olimpíadas de Sidney, em 2000. A decisão foi baseada no relatório da Agência antidoping americana (Usada) divulgado durante a semana que revelou o envolvimento do atleta no maior esquema de doping da história do esporte. 

Publicidade

O relatório também será analisado pela União Ciclista Internacional (UCI, na sigla em inglês), única instituição competente juridicamente para retirar do americano todos os prêmios de ciclismo, incluindo os sete títulos de campeão da Volta da França.

“O COI tomou conhecimento do relatório da Usada e está analisando-o com toda a documentação correspondente”, informou o serviço de imprensa do Comitê.

“Seria prematuro no momento dizer se o CIO é favorável a adotar medidas. Se forem encontradas provas que justifiquem a abertura de um procedimento preliminar, nós tomeramos as medidas cabíveis”, acrescentou.

O Código mundial antidoping fixa em 8 anos o prazo de prescrição de casos de doping, mas a Usada, ao eliminar Lance Armstrong de todas competições esportivas e retirar todos seus títulos, excedeu essas regras diante da extensão do sofisticado sistema de doping usado pelo ciclista americano.

Tyler Hamilton, um dos ex-companheiros de Armstrong que testemunhou contra o ciclista do Texas, já devolveu em novembro de 2011 sua medalha de ouro conquistada nas Olimpíadas de Atenas, em 2004, após ter admitido ter recorrido ao doping. O COI corrigiu a lista dos vencedores este ano, antes do prazo de prescrição do caso.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.