Futebol

Kaká não vê nenhum problema em ficar no Real

Kaká festeja gol no jogo contra La Coruña, no dia 23 de fevereiro de 2013.
Kaká festeja gol no jogo contra La Coruña, no dia 23 de fevereiro de 2013. Reuters

O meia brasileiro do Real Madri deu uma entrevista coletiva nesta sexta-feira, 1º de março de 2013. Ele afirmou que não tem nenhum problema em permanecer no clube espanhol até o fim do seu contrato em 2015.

Publicidade

“Tenho ainda dois anos de contrato com o Real. Por mim, posso continuar no time sem problema, mas se uma oferta interessante aparecer, veremos”, explicou Kaká aos jornalistas em Madri.

O jogador brasileiro, Bola de Ouro 2007, começa a recuperar seu nível, após três temporadas de mau desempenho. Hoje ele fez um balanço desses três anos difíceis, marcados por contusões e longos períodos no banco de reservas. “Sou jogador profissional há 11 anos. Durante 7/8 anos fui um craque de primeira categoria. Virar um jogador normal foi difícil, mas aprendi e sou agora mais experiente”, avalia o meia.

Kaká confessou, no entanto, que não está satisfeito com sua situação atual no Real. Amanhã, ele poderá ser titular contra o Barcelona pelo Campeonato Espanhol e no Santiago Bernabéu. Se mostrar o mesmo futebol que no jogo contra o La Coruña no último sábado, quando o Real venceu por 2 a 1, poderia voltar a fazer parte do esquema tático do técnico José Mourinho.

No final da entrevista, Kaká também falou da seleção brasileira. Desde o amistoso com o Japão, em outubro de 2012, ele não joga pelo Brasil, mas espera, agora que recuperou a forma, voltar a ser convocado por Felipão.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI