Tênis/ Austrália

Nadal e Federer se classificam para as quartas na Austrália

Apesar de ter se machucado, Rafael Nadal está nas quartas-de-final do Open da Austrália, depois de vencer, nesta segunda-feira (20) o japonês Kei Nishikori.
Apesar de ter se machucado, Rafael Nadal está nas quartas-de-final do Open da Austrália, depois de vencer, nesta segunda-feira (20) o japonês Kei Nishikori. REUTERS/David Gray

O espanhol Rafael Nadal sofreu nas quadras de Melbourne para eliminar o japonês Kei Nishikori nesta segunda-feira (20) pelas oitavas de final do Aberto da Austrália. A vitória foi de 3 sets a 0, mas as parciais, de 7/6, 7/5 e novamente 7/6, mostram que o número 1 do mundo teve que suar a camisa e superar dores na mão para passar à próxima fase do torneio.

Publicidade

Pela primeira vez em Melbourne, Nadal teve grandes dificuldades para impor seu jogo. Seu adversário, o japonês Nishikori, foi muito aplicado em quadra mas mostrou fragilidade psicológica em momentos decisivos. O espanhol teve que enfrentar ainda um problema na mão esquerda com o aparecimento de bolhas e foi várias vezes atendido na quadra.

Mais uma vez o número 1 demonstrou ter força psicológica suficiente para superar os obstáculos que aparecem no caminho de seus títulos. Mas a contusão é motivo de grande preocupação para Nadal e pode comprometer seu desempenho na próxima partida.

Nas quartas, o espanhol terá pela frente o búlgaro Grigor Dimitrov que eliminou o espanhol Roberto Bautista por 3 sets a 1 (parciais 6/3, 3/6, 6/2 e 6/4). Cabeça de chave número 22, Dimitrov se tornou o primeiro búlgaro a chegar às quartas de final de um Grande Slam.

Federer segue invicto

Apresentado como um forte candidato a estar entre os melhores do mundo, Dimitrov, de 22 anos, demorou para justificar as esperanças depositadas no seu estilo de jogo, comparado ao de Roger Federer.

O suíço, cabeça de chave número 6, avançou às quartas depois de vencer um velho freguês em Melbourne, o francês Jo-Wielfried Tsonga por 3 sets a 0 (6/3, 7/5, 6/4). Federer continua invicto no torneio contra Tsonga após derrotá-lo nas semifinais de 2010 e nas quartas no ano passado.

A temporada passada para o suíço foi catastrófica. Com problemas nas costas, ele ergueu apenas um troféu em 2013, o do torneio de Halle. Sob o olhar atento nas quadras de Melbourne de seu novo treinador, o ex-jogador sueco Stefan Edberg, Federer não perdeu até agora nenhum set no torneio. É a décima primeira vez consecutiva que ele chega às quartas na competição.

O suíço vai disputar uma vaga na semi contra o britânico Andy Murray, que eliminou uma das surpresas do torneio, o francês Stéphane Robert, 119° do ranking mundial. Após vencer os dois primeiros sets com facilidade (6/1 e 6/2), Murray foi derrotado no set seguinte perdido por 7/6 (8/6), mas retomou seu ritmo e fechou o quarto set com outro 6/2.

Feminino

A russa Maria Sharapova, cabeça de chave número 3, caiu diante da eslovaca Dominika Cibulkova. A russa venceu o primeiro set por 6/3 mas perdeu os dois seguintes por 6/4 e 6/1.

A sérvia Jelena Jankovic também disse adeus a Melbourne ao ser derrotada por 2 a 1 pela romena Simona Halep. Simona e Domonika se enfrentam na próxima rodada.

A bielorussa Victoria Azarenka, vencedora das duas últimas edições do Aberto da Austália, eliminou a americana Sloane Stephens por 2 a 0 e espera o resultado do jogo entre Agnieszka Radwanska e a espanhola Garbine Muguruza para conhecer sua adversária das quartas.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI