Copa/Argentina

Argentina bate Suíça e vai para as quartas de final

O jogador Di Maria comemora a vitória da Argentina contra a Suiça com sua equipe.
O jogador Di Maria comemora a vitória da Argentina contra a Suiça com sua equipe. REUTERS/Eddie Keogh

A Argentina derrotou a Suíça nesta terça-feira (1°) em São Paulo e conquistou uma vaga nas quartas de final. O time venceu o jogo no final da prorrogação, com gol de Di Maria. Os argentinos, que confirmam a supremacia das equipes latino-americanas na Copa do Mundo, vão enfrentar o ganhador da partida entre Bélgica e Estados Unidos.

Publicidade

Apesar de uma defesa bem organizada, concentrada principalmente em Messi, visto como o principal perigo da partida, os europeus não conseguiram marcar. Com o resultado, os suíços, que sonham com as quartas de final de uma Copa do Mundo desde 1954, carimbaram seu passaporte de volta para casa.

Mas o time pressionou os argentinos até o final da partida, que por pouco não foi decidida nos pênaltis. Os latino-americanos só saíram do sufoco faltando três minutos para terminar o jogo na prorrogação, quando Di Maria recebeu um passe de Messi e marcou o primeiro e único gol da disputa.

A Argentina, que levou a Copa para casa em 1978 e 1986, enfrentará nas quartas de final o vencedor da partida entre Bélgica e Estados Unidos, que acontece também nesta segunda-feira, em Salvador.

Torcida gigante

A Argentina contou com uma torcida gigante no jogo contra a Suiça. Segundo a Prefeitura de São Paulo, cerca de 70 mil argentinos estavam na capital paulista para assistir a partida. Muitos acamparam no sambódromo na véspera da disputa. As autoridades da cidade também disponibilizaram o autódromo de Interlagos, na Zona Sul.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI