Argentinos/ São Paulo

Cerca de 70 mil torcedores argentinos invadem São Paulo para jogo contra Suíça

Para um torcedor argentino, a torcida brasileira não é tão apaixonada quanto a argentina
Para um torcedor argentino, a torcida brasileira não é tão apaixonada quanto a argentina REUTERS/Stefano Rellandini

A seleção argentina enfrenta a Suíça nesta terça-feira (1°), na Arena Corinthians, em jogo de oitavas de final da Copa. A Prefeitura de São Paulo estima que cerca de 70 mil argentinos devam se concentrar na capital paulista para assistir a partida. No caso de vitória, os torcedores querem comemorar na Vila Madalena, apesar dos apelos das autoridades paulistanas para evitar concentrações em um só local.

Publicidade

Eles chegam de avião, carro, ônibus e motorhome. Muitos já acamparam no sambódromo na noite passada, que tem 500 vagas para estacionamento. A Prefeitura de São Paulo disponibilizou também o autódromo de Interlagos, na Zona Sul. O clima é de festa e muitas provocações dos torcedores não só contra a Suíça, mas também contra o Brasil, alimentando animadamente a rivalidade dos dois países.

Antes de uma provável festa de comemoração, os ‘hermanos’ sem ingressos devem acompanhar a partida na Fifa Fan Fest, no Anhangabaú, no centro.

Dicas de paquera

O jornal Folha de São Paulo dedicou uma página dupla em espanhol especialmente dedicada para os torcedores argentinos em São Paulo, com conselhos sobre onde ver a partida, como chegar ao estádio e até dicas de paquera.

O especial “São Paulo para argentinos” inclui muitos endereços para aproveitar a vida noturna e gastronômica da cidade, principalmente nas áreas boêmias da Vila Madalena e Baixo Augusta.

Na quarta-feira passada, cem mil argentinos se deslocaram a Porto Alegre, para acompanhar o duelo contra a Nigéria (3x2).
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI