Copa/Brasil

Com gols de zagueiros, Brasil bate Colômbia e está na semifinal

Thiago Silva (d) e David Luiz celebram gol contra a Colômbia em Fortaleza.
Thiago Silva (d) e David Luiz celebram gol contra a Colômbia em Fortaleza. REUTERS/Jorge Silva

A Seleção brasileira derrotou a Colômbia por 2 a 1 nesta sexta-feira (4) em Fortaleza e se classificou para a semifinal da Copa do Mundo. Com gols Thiago Silva e David Luiz, o time de Felipão embalou a Arena Castelão. Neymar deixou o gramado em uma maca e foi levado para o hospital. O Brasil vai enfrentar a Alemanha na próxima terça-feira (8), em Belo Horizonte.

Publicidade

Enviado especial a Fortaleza

Bastante modificada em campo, com Maicon no lugar de Daniel Alves e Paulinho de volta entre os titulares, a Seleção brasileira começou o jogo contra a Colômbia com pressão total e abriu o placar rápido, aos 7 minutos do primeiro tempo, com o capitão Thiago Silva, que aproveitou um cruzamento de Neymar, se livrou da marcação e com o joelho esquerdo, empurrou para o fundo das redes. Com a abertura do placar, a torcida amplificou o barulho ensurdecedor no estádio em apoio à Seleção.

Durante toda a partida o bom sistema de marcação da defesa brasileira anulou com facilidade as poucas tentativas da Colômbia de chegar ao ataque. Aos 13 minutos, Fernandinho acertou James Rodríguez e foi apenas advertido verbalmente pelo árbitro. Dos pés do meia atacante colombiano saiu a primeira jogada perigosa, aos 22 minutos. Do meio de campo, ele puxou o contra-ataque com quatro colombianos e dois brasileiros. Lançado livre na direita, Cuadrado teve chance de chutar, mas preferiu cruzar, e Thiago Silva fez o corte, evitando o que poderia ser o gol de empate.

Melhor em campo e dominando os espaços, o Brasil teve boas chances. Aos 17 minutos, numa roubada de bola, Hulk se livrou do zagueiro pela esquerda para dentro da área levando perigo. Já aos 19, em bela tabela com Neymar, o camisa 7 voltou a ficar na frente do gol e chutou cruzado. Ospina fez boa defesa e no rebote, Oscar chutou fraco para o goleiro defender.

Os colombianos ainda tiveram uma excelente oportunidade com uma cobrança de falta de perto da área, mas a tentativa de James Rodríguez parou na barreira.

Colômbia tenta virar no segundo tempo

A Colômbia voltou mais ofensiva, com uma alteração no segundo tempo, com a saída de Ibarbo para a entrada de Ramos. O jogo ficou mais tenso e mais aberto, com os colombianos partindo para cima do Brasil e conseguindo muitas faltas. Thiago Silva atrapalhou as saídas de bola do goleiro, mas levou seu segundo cartão amarelo. 

James chegou a assustar os brasileiros, com uma cobrança de bola parada, que chegou ao gol após uma disputa acirrada de bol. Mas o bandeirinha já havia assinalado pênalti, para o desespero dos colombianos.

E em um dos contra-ataques do Brasil, da falta em Hulk, cometida por James, que levou um cartão amarelo, David Luiz acertou um chute forte, no ângulo, sem chances para Ospina. Aos 24 minutos, a Seleção ampliava o placar.

Dez minutos depois, a Colômbia chegou ao seu gol com uma jogada rápida do ataque. James lançou Cuadrado, que foi derrubado na área por Júlio César. Na cobrança, o camisa 10 colombiano tirou do goleiro e diminuiu a diferença no placar. James deixa a Copa como artilheiro até o momento, com seis gols.

A partir daí, o jogo ganhou em intensidade e emoção. Aos 38 minutos, Felipão retirou Hulk para a entrada de Ramírez, para reforçar o sistema defensivo. Em seguida, Hernanes entrou no lugar de Paulinho. Aos 41 minutos do segundo tempo, em um lance que preocupou o Brasil, na saída de bola, Neymar foi atropelado pelo lateral Zuniga e deixou o campo chorando de dor.

Nos momentos finais, os colombianos pressionaram e chegaram a assustar, aos três minutos da prorrogação, na cobrança de escanteio. Mas o sofrimento acabou com o apito final e o Brasil fará um novo encontro com sua torcida no Mineirão, para disputar com a Alemanha uma vaga na final.

Baixas na semifinal

Neymar deixou o gramado em uma maca e foi levado para o hospital. Ainda não há informações sobre o estado do craque brasileiro, mas já se teme uma semifinal sem o camisa 10. O time já sabe que terá que enfrentar os alemães sem a ajuda de Thiago Silva, já que o capitão levou um segundo cartão amarelo durante o partida e ficará fora de campo na próxima disputa.

Já David Luiz, autor do segundo gol do Brasil, foi considerado pela Fifa o melhor jogador da partida.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI