Brasil/Copa do Mundo

Para imprensa francesa, Brasil fez seu melhor jogo da Copa contra Colômbia

Gol de David Luiz no segundo tempo da quarta de final entre Brasil e Colômbia, em 4/7/2014.
Gol de David Luiz no segundo tempo da quarta de final entre Brasil e Colômbia, em 4/7/2014. REUTERS/Marcelo Del Pozo

A seleção brasileira conseguiu enfim ganhar elogios da imprensa francesa. A quarta de final entre Colômbia e Brasil terminou depois da meia-noite na França, quando a maioria dos jornais já tinha sido impressa. Mas a vitória do Brasil por 2 a 1, que garantiu a classificação para a semifinal do Mundial contra a Alemanha, é analisada pelos sites do jornais deste sábado (5). Todos dizem que pela primeira vez o Brasil mostrou um futebol digno de sua reputação. Os jornais estão, no entanto, preocupados com o próximo duelo da seleção que não vai poder contar nem com Neymar, contundido, nem com Thiago Silva, suspenso.

Publicidade

Libération diz que o Brasil “dominou a Colômbia e fez seu melhor jogo desde o início do Mundial”. O jornal progressista escreve que foi o gol de Thiago Silva, logo no início da partida, que colocou a seleção “no trilho da vitória”. O zagueiro do PSG, que foi criticado pela imprensa por causa de seu medo antes dos pênaltis contra o Chile, empolgou os torcedores e comemorou o gol “mostrando as estrelas da camisa da seleção na altura de seu coração”. O Brasil, confiante, dominou a Colômbia que não pôde desenvolver o jogo atraente que tinha mostrado neste Mundial, analisa Libé.

O ambiente no estádio Castelão de Fortaleza era eletrizante, descreve o diário. O Brasil conquistou a vaga na semifinal, mas o próximo duelo não será nada fácil. Em Belo Horizonte, “a seleção terá um adversário sério, a Alemanha”, e não poderá contar com sua estrela Neymar, que saiu de campo de maca depois de ter sido atingido violentamente nas costas por um jogador colombiano. O atacante brasileiro fraturou um vértebra e está fora da Copa.

Outra preocupação é a ausência do capitão Thiago Silva que levou na sexta-feira um segundo cartão amarelo e está suspenso na semifinal contra a Alemanha, aponta o jornal.

Parisienses brilharam

L’Équipe destaca que o Brasil se classificou para a semifinal graças aos parisienses. Os dois gols que eliminaram a Colômbia foram marcados pelos zagueiros do PSG, Thiago Silva e David Luiz. O jornal esportivo também gostou do jogo apresentado na sexta-feira que garantiu a vaga da seleção brasileira na semifinal pela primeira vez em 12 anos. Para o diário, a partida foi “de tirar o fôlego, cheio de ritmo e pontuado por várias ocasiões de gol”.

Também elogioso Le Figaro diz que o Brasil continua seu sonho, mas enfrentará na semifinal a Alemanha que eliminou a França ontem por 1 a 0. O jogo da próxima terça-feira será de prestigio, acredita o jornal conservador que lembra que de qualquer maneira a seleção brasileira já fez melhor do que nas duas Copas anteriores quando foi eliminada nas quartas de final.

Golaço

Le Figaro informa ainda que David Luiz foi eleito o melhor jogador em campo. O futuro zagueiro do PSG foi autor de um golaço de falta que vai dar o que falar e fez preciosas defesas contra a Colômbia.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI