Futebol/FIFA

Brasileiros são os jogadores mais cobiçados, diz relatório da FIFA

O zagueiro do PSG, David Luiz.
O zagueiro do PSG, David Luiz. AFP PHOTO / THOMAS SAMSON

O vexame do Brasil na Copa de 2014 não abalou a credibilidade dos jogadores do país que continuam sendo os mais cobiçados por clubes do mundo inteiro. Esta é uma das conclusões do relatório publicado pela FIFA nesta quarta-feira (28). O documento revela ainda que o volume global de dinheiro envolvido nas transferências atingiu um novo recorde em 2014: US$4,1 bilhões contra US$3,98 bilhões no ano anterior, um aumento de 2,1%.

Publicidade

No ano passado, um total de 13.090 jogadores foram transferidos em todo o mundo. Os brasileiros continuam no topo da lista dos atletas mais cobiçados do planeta, com um total de 1.493 transferências que envolveram US$ 448 milhões. Os brasileiros estão bem à frente dos argentinos (801), ingleses (596) e franceses (507).

O zagueiro David Luiz, que trocou o Chelsea pelo PSG esteve entre as contratações mais caras do ano passado, com o pagamento de cerca de € 50 milhões pelo time parisiense para ter no elenco um dos melhores jogadores do mundo.

Mercado inglês é o que mais investe

A Europa é de longe o mercado que mais investe com 87% do total de gastos, seguido da América do Sul e Ásia. Os clubes ingleses lideram a lista dos maiores investidores de 2014 com cerca de US$1,14 bilhão de dólares. O valor representa 25% do total de gastos e é mais que o dobro do da Espanha, segundo maior mercado.

China do Top 10

A novidade do relatório foi a entrada pela primeira vez da China no Top 10, grupo de países que mais movimentaram o setor de transferências. Em 2014, os clubes chineses desembolsaram mais de 100 milhões de dólares para atrair atletas e desenvolver o esporte no país.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI