Acesso ao principal conteúdo
Futebol/França

PSG enfrenta Mônaco pela Copa da França e quer mostrar eficiência do ataque

O zagueiro e capitão do PSG, Thiago Silva.
O zagueiro e capitão do PSG, Thiago Silva. REUTERS/Eric Gaillard
Texto por: RFI
3 min

Três dias depois do empate sem gols pelo campeonato francês, Paris Saint-Germain e Mônaco voltam a se encontrar nesta quarta-feira (4), desta vez pelas quartas-de final da Copa da França. Jogando em casa, o PSG tem como missão passar pelo adversário e tranquilizar sua torcida que se mostra preocupada com a falta de gols e de eficiência do ataque parisiense.

Publicidade

Sem o sueco Ibrahimovic, que cumpre suspensão, e o brasileiro Lucas Moura, contundido, o time parisiense tem mostrado seus limites no ataque. É o que ficou evidente no jogo do último domingo quando criou oportunidades, mas não conseguiu balançar as redes. 

O PSG teve várias chances claras de vencer o Mônaco na casa do adversário e de assumir a liderança do campeonato francês, mas o uruguaio Cavani e argentino Pastore desperdiçaram gols feitos, chutando para fora ou parando na defesa do goleiro monegasco.

O treinador Laurent Blanc não parece preocupado com a atual falta de pontaria de seus atacantes. "Eu estaria muito mais preocupado se minha equipe jogasse bem, o que é o caso, mas não criasse chances de gol. Isso significaria que a filosofia de jogo ou a movimentação ofensiva dos jogadores, estaria faltando", justificou.

Laurent Blanc voltou a elogiar o uruguaio Cavani, que, segundo ele, deverá chegar ao final da temporada com uma quantidade "honrosa" de gols. O treinador também relativizou a falta de eficiência de Pastore e de seu compatriota Lavezzi, outro atacante titularizado no time. "Ele não são goleadores", disse.

Ginástica no meio campo

Além dos problemas de eficiência no ataque, Laurent Blanc faz ginástica para compor o meio campo já que dois jogadores do setor estão na enfermaria: Thiago Motta e Yohan Cabaye. O treinador francês vai novamente escalar David Luiz como volante defensivo. Outro brasileiro em campo será o capitão Thiago Silva, em grande forma e que só tem recebido elogios da imprensa francesa e de seus companheiros de clube.

Já o zagueiro Marquinhos deverá ceder seu lugar a Camara. A intenção de Laurent Blanc é poupá-lo para os futuros jogos do PSG, pelo campeonato francês, no sábado, e pela Liga dos Campeões, contra o Chelsea, na semana que vem. 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.