Nuvem vulcânica/Europa

Para especialista, houve "histeria " na gestão da nuvem vulcânica

Trajeto das cinzas vulcânicas, fornecido pelo serviço metereológico norueguês.
Trajeto das cinzas vulcânicas, fornecido pelo serviço metereológico norueguês. Foto: Divulgação

Em entrevista à RFI, Victor Hugo Forjaz, do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, critica a ausência de um monitoramento adequado para obter dados concretos sobre a densidade das cinzas.

Publicidade

Especialistas em vulcões, conhecidos como vulcanólogos, estão questionando o excesso de precaução dos dirigentes europeus e os exageros das medidas adotadas. Em entrevista à jornalista Cristiana Soares, da RFI, Victor Hugo Forjaz, do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores, afirma que houve "exagero e histeria", na gestão da crise provocada pelas cinzas expelidas pelo vulcão islandês.

As previsões, diz o especialista, que participa a partir de hoje de um encontro sobre o assunto em Lanzarote, nas ilhas Canárias, foram apocalípticas. “ É necessário mudar procedimentos, e levar em consideração as consequências econômicas e científicas. Tivemos receios de aviões caindo, cinzas densas durante 15 dias... sendo que já se sabia, desde o começo, que o vento é que iria comandar todo esse processo. Foram levados em conta coeficientes de segurança exagerados, embora eu esteja de acordo que não se deve brincar com aviões carregados com 300 passageiros", salientou.

Victor Hugo Forjaz, especialista em vulcões do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores.

De acordo com ele, em países como o Japão, a Indonésia e no Chile, principalmente no sul, esse tipo de erupção é frequente. "Na Europa, no meio disso tudo,  só quando os milhões começaram a se acumular é que alguns políticos começaram a dizer basta", acrescenta. O especialista ainda destaca que houve falta de diálogo com os especialistas da área, e também chamou a atenção para a ausência de um monitoramento mais adequado. “Aviões clássicos deveriam ter monitorado a atmosfera desde o início, para fornecer dados concretos sobre a densidade das cinzas”, finaliza.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI