Grécia/Crise econômica

Policial grego é atingido por bomba em protesto em Atenas

Policial que estava em uma moto é levado ao hospital após ser atingido por bomba.
Policial que estava em uma moto é levado ao hospital após ser atingido por bomba. REUTERS/Yiorgos Karahalis
Texto por: RFI
2 min

No primeiro dia de greve geral do ano na Grécia, contra as medidas de austeridade do governo, 60 mil pessoas protestaram nas ruas da capital Atenas, segundo sindicatos. Um policial sofreu queimaduras após ser atingido por uma bomba em frente ao Parlamento.

Publicidade

Depois de ser atingido por uma bomba que explodiu em seu corpo, pegando fogo, um policial grego foi levado às pressas a um hospital na capital da Grécia, Atenas. O incidente aconteceu durante uma manifestação em frente ao Parlamento, nesta quarta-feira.

A jornada de mobilizaçao atinge boa parte do país. Lojas e escolas foram fechadas e os transportes pararam de funcionar em Atenas e em outras cidades, como Pirée e Salonique.

Na manhã desta quarta-feira, apenas os voos de urgência foram autorizados a decolar no país e os hospitais funcionaram com serviço restrito.

A televisão pública transmite apenas reprises de documentários e, como os jornalistas também cruzaram os braços, as rádios gregas trasmitem apenas música.

Esta é a primeira greve do ano na Grécia, mas várias manifestações importantes vem sendo registradas no país desde que o governo decidiu cortar os gastos públicos para tentar tirar o país da crise econômica, no ano passado. Os salários dos funcionários públicos e as aposentadorias sofreram cortes e os impostos aumentaram, o que provocou a fúria dos gregos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI