Suíça/Nuclear

Carta-bomba explode na Federação da Indústria Nuclear suíça

Carros de polícia e correio em frente da sede da Federação Suíça da Indústria Nuclear, a Swissnuclear
Carros de polícia e correio em frente da sede da Federação Suíça da Indústria Nuclear, a Swissnuclear Reuters

A explosão aconteceu esta manhã no escritório da Swissnuclear, em Olten, no norte da Suíça. A correspondência explodiu no momento em que foi aberta ferindo duas funcionárias da Federação.

Publicidade

A carta-bomba explodiu na sede da Federação Suíça da Indústria Nuclear, a Swissnuclear, às 8h15 (horário local). A explosão deixou duas mulheres levemente feridas. Elas foram hospitalizadas com queimaduras leves e problemas de audição.

A entidade reúne os operadores das usinas nucleares suíças e fica localizada em Olten, cidade do norte da Suíça. A polícia cercou o local para iniciar as investigações.

A explosão aconteceu no momento em que cerca de 30 manifestantes ecologistas do Greenpeace realizavam um protesto nas proximidades da federação, para exigir a suspensão completa da concessão dos alvarás de construção de novas usinas nucleares na Suíça. Imediatamente, o Greenpeace condenou o atentado, suspendendo o protesto, e declarou não ter ligação com o incidente.

A explosão na Swissnuclear não foi reivindicada até o momento, de acordo com a polícia suíça, que realiza uma perícia técnica no local.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI