Acesso ao principal conteúdo
Vulcão/Islândia

Vulcão islandês se acalma e espaço aéreo europeu começa a ser liberado

Vulcão Grimsvötn deixou de expelir cinzas e lança apenas vapor d’água e fumaça.
Vulcão Grimsvötn deixou de expelir cinzas e lança apenas vapor d’água e fumaça. Reuters
Texto por: RFI
2 min

Após três dias de incerteza, o vulcão islandês Grimsvötn se acalmou e a situação no espaço aéreo europeu começa a se normalizar. O tráfego aéreo da Noruega e da Suécia ainda registra transtornos, mas segundo as autoridades de controle, todos os aeroportos do continente devem voltar a funcionar até o final da semana.

Publicidade

Victória Álvares, em colaboração para RFI

Nesta quinta-feira, as autoridades islandesas anunciaram que a erupção do vulcão Grimsvötn praticamente terminou. O vulcão não expele mais cinzas, apenas vapor d’água e fumaça, o que viabiliza o tráfego aéreo na Europa.

A situação dos aeroportos da Dinamarca, Escócia e Reino Unido já está normalizada. Na Alemanha, onde 450 vôos foram cancelados na quarta-feira, os aeroportos de Bremen, Hamburgo e Berlin também foram reabertos. Segundo a agência europeia de segurança aérea (Eurocontrol), a quantidade de cinzas que pode chegar na França é pequena e não deve afetar o trafégo aéreo.

A Eurocontrol também anunciou que algumas perturbações ainda são previstas nesta quinta-feira na Noruega e na Suécia. Segundo a agência, a nuvem de cinzas deve se dissipar ao longo do dia e a situação deve voltar ao normal no espaço aéreo europeu ainda neste fim de semana. “Esperamos registrar pouco ou nenhum impacto no tráfico aéreo europeu nas próximas 48 horas”, estimou a Eurocontrol.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.