Acesso ao principal conteúdo
Grécia/Crise

Governo grego espera obter confiança do parlamento para enfrentar crise

O parlamento grego vota na noite desta terça-feira uma moção de confiança ao governo.
O parlamento grego vota na noite desta terça-feira uma moção de confiança ao governo. Reuters
Texto por: Adriana Brandão
2 min

Parlamento da Grécia decide hoje se dá um voto de confiança ao governo do primeiro-ministro George Papandreou. O país tem duas semanas para aprovar o novo plano de austeridade para receber um segundo pacote de ajuda financeira do FMI e da União Europeia.  

Publicidade

O parlamento grego vota na noite desta terça-feira uma moção de confiança ao governo, após as mudanças no ministério anunciadas na semana passada. Uma derrota para o primeiro-ministro socialista Georges Papandreou pode complicar ainda mais a aprovação de um plano de austeridade exigido pela União Europeia e o FMI para continuar ajudando o país.

O Fundo Monetário Internacional e o bloco europeu enviaram nesta terça-feira a Atenas uma nova equipe de técnicos. Eles devem analisar os detalhes do novo plano impopular que prevê mais cortes nas despesas públicas e privatizações que deve ser votado pelo parlamento grego no próximo dia 30 de junho.

Os europeus deram à Grécia duas semanas para aprovar o plano, uma condição para o governo receba mais 120 bilhões de euros previstos no segundo pacote de ajuda ao país. O novo pacotão de ajuda, que será detalhado até o início de julho pelo europeus, prevê a participação de investidores privados. Hoje a Federação alemã de bancos afirmou que o sistema bancário alemão poderá contribuir com entre 10 a 20 bilhões de euros na renegociação da dívida grega.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.