Acesso ao principal conteúdo
Reino Unido

Morre em Londres o historiador Eric Hobsbawm

O historiador Eric John Earnest Hobsbawm morreu aos 95 anos.
O historiador Eric John Earnest Hobsbawm morreu aos 95 anos. Flickr
2 min

Morreu nesta segunda-feira, em Londres, o historiador marxista Eric Hobsbawm, uma das maiores autoridades mundiais na área de História e Ciências Humanas. Hobsbawm estava com 95 anos e faleceu de pneumonia, segundo um comunicado da família. Sua obra mais famosa é o livro "A Era dos Extremos: uma breve história do século XX", publicado em 1994 e traduzido em 40 línguas.

Publicidade

Entre outras obras, Hobsbawm é autor de quatro livros considerados definitivos sobre a história dos séculos XIX e XX, abordando a trajetória europeia da Revolução Francesa à queda da União Soviética.

Sua longa análise começa com a publicação de "A Era das Revoluções", que abrange o período de 1789 a 1848. Na sequência, ele escreveu "A Era do Capital" (1848-1875) e "A Era dos Impérios" (1875-1914). As três obras cobrem o que Hobsbawm chamou de "o longo século XIX". "A Era dos Extremos", de 1994, vai da Revolução Russa de 1917 até a queda do regime soviético, em 1991. Admirador das ideias de Karl Marx, o historiador criou controvérsia ao defender o regime soviético mesmo após a invasão da Hungria.

Hobsbawm nasceu em uma família judia no dia 9 de junho de 1917, em Alexandria, no Egito. Viveu em Viena entre as duas guerras, depois mudou-se para Berlim e Londres, onde se estabeleceu dois anos após a ascensão do nazismo na Alemanha. Depois de se formar na Universidade de Cambridge, começou a lecionar História em Londres (Birkbeck College, 1947) com o fim da Segunda Guerra Mundial. O historiador desenvolveu uma carreira internacional brilhante. Foi professor visitante nos Estados Unidos (Universidade de Stanford e Massachusetts Institute of Technology-MIT), na França e no México.

Ele deixa a mulher Marlene, com quem viveu durante 50 anos, três filhos, sete netos e bisnetos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.