Espanha/ tragédia

Morre quarta vítima pisoteada em festa de Halloween em Madri

Jovem levam velas ao estádio Madri Arena, onde aconteceu festa de Halloween que terminou em tragédia.
Jovem levam velas ao estádio Madri Arena, onde aconteceu festa de Halloween que terminou em tragédia. REUTERS/Susana Vera

Uma jovem de 17 anos, pisoteada na quinta-feira durante um tumulto ocorrido em uma festa de Halloween em Madri (Espanha), sucumbiu hoje aos ferimentos e faleceu no hospital. Com a morte, sobe para quatro o número de mortos na tragédia.

Publicidade

A informação foi divulgada por uma rádio espanhola. A jovem estava internada em estado crítico de saúde, após participar de uma megafesta que acabou em confusão generalizada no estádio Madri Arena. Outras três jovens de 18 anos haviam perdido a vida no incidente, após serem esmagadas pela multidão, e uma quinta vítima permanece internada em estado grave.

A tragédia aconteceu quando houve um movimento de pânico e uma avalanche humana no estádio, com capacidade para 10 mil pessoas e onde era realizada uma festa de Dia das Bruxas, explicou a polícia madrilenha. “O tumulto mortal parece ter sido provocado por um morteiro dentro do estádio", disse um policial.

A polícia conseguiu esvaziar o local em uma operação que terminou às 7h e abriu uma investigação. Os jornais espanhóis relataram testemunhas indicando que o estádio estava superlotado.

Jorge Morales, porta-voz da Diviertt, a empresa que organizou o evento, afirmou à rádio Cadenar Ser que 9.650 entraram na festa e um “controle rigoroso” de ingressos foi realizado.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI