Acesso ao principal conteúdo
Chipre/Eleições

Presidente eleito de Chipre é pressionado a concluir acordo sobre plano de resgate

O presidente eleito, Nicos Anastasiades, em Nicosia, em 13 de fevereiro de 2013.
O presidente eleito, Nicos Anastasiades, em Nicosia, em 13 de fevereiro de 2013. REUTERS/Yorgos Karahalis
2 min

O candidato conservador, Nicos Anastasiades, venceu com folga o segundo turno das eleições presidenciais no Chipre neste domingo com 57,5% dos votos, uma vantagem superior a 15 pontos sobre seu adversário, Stravos Malas, candidato independente apoiado por comunistas. França e Alemanha pressionam novo presidente a formar gabinete para acelerar discussões sobre ajuda financeira ao país.

Publicidade

Em seu discurso de comemoração da vitória, Anastasiades, um advogado de 66 anos, se comprometeu a restaurar a credibilidade de Chipre e tomar todas as medidas necessárias para tirar o país da crise econômica.

França e Alemanha lançaram nesta segunda-feira um apelo para que o presidente eleito forme rapidamente seu governo para prosseguir com as negociações sobre um plano de resgate financeiro do país.

O objetivo é retomar discussões o mais breve possível para tentar concluir um acordo até o final de março. Fontes diplomáticas em Bruxelas consideram este prazo difícil.

Pacote

O Governo chipriota avalia em 17 bilhões de euros o pacotão de ajuda ao país. O dinheiro seria usado inicialmente para sanear o sistema bancário, muito fragilizado por caso da crise da dívida grega.

Previsões da Comissão Europeia indicam uma contração do PIB de 2% em 2012 e uma previsão de queda ainda maior para 2013, superior a 3% do Produto Interno Bruto. O desempregou explodiu nos últimos anos e atinge 14,6% da população.

Em troca de uma futura ajuda financeira, Chipre, que faz parte da zona do euro, deverá aplicar um programa de reformas e adotar medidas de transparência fiscal e luta contra a lavagem de dinheiro.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.