Búlgaria/Grécia

Governo búlgaro quer repatriar 'anjo loiro' achado em campo de ciganos na Grécia

Sasha Ruseva, mãe do "anjo loiro", e seus dois outros filhos em sua residência em Nikolaevo, na Bulgária, em foto do dia 24 de outubro de 2013.
Sasha Ruseva, mãe do "anjo loiro", e seus dois outros filhos em sua residência em Nikolaevo, na Bulgária, em foto do dia 24 de outubro de 2013. REUTERS/Stringer

A governo búlgaro anunciou hoje que pretende repatriar a pequena Maria, encontrada em um acampamento de ciganos na Grécia, que ficou conhecida como anjo loiro. A menina, abandonada pelos pais, foi descoberta no dia 16 de outubro pela polícia.

Publicidade

De acordo com um comunicado da Agência da Proteção da Infância da Búlgaria, "o governo fará o necessário para recuperar Maria, que é comprovadamente filha de Sacha e Atanaz Roussev de Nikolaevo."

A menina será entregue para assistentes sociais e levada para um orfanato, até que uma solução definitiva seja encontrada.

O governo decidirá se a criança, de quatro anos, voltará para a casa de seus pais biológicos ou outros membros da família, ou se ficará temporariamente hospedada na casa de uma família até ser oficialmente adotada.

Mas segundo o governo grego, o retorno da menina depende da Justiça do país, que está investigando o caso, segundo Kostas Yannopoulos, responsável da associação que acolheu Maria. Segundo ele, seu estado de saúde é bom.

Os pais da menina a abandonaram aos sete meses de idade. Eles foram indiciados pela venda da criança e podem pegar até seis anos de prisão.

Os Roussev vivem em uma situação extrema miséria no subúrbio de Nikolaevo, e tem outros sete filhos. Os serviços sociais deverão elaborar 'um plano de ação' para a família.

O caso Maria acabou surtindo um efeito positivo e levando as autoridades do país a tomarem medidas contra o tráfico de bebês no exterior, principalmente na Grécia. Segundo a ONG búlgara Nadia, pelo menos 66 crianças foram vendidas em 2012.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI