Acesso ao principal conteúdo
Vaticano/Pedofilia

Papa Francisco criará comissão para lutar contra pedofilia na igreja

O cardeal americano Sean Patrick O'Malley.
O cardeal americano Sean Patrick O'Malley. Wikimedia Commons
Texto por: RFI
2 min

Em reposta aos escandâlos de pedofilia na Igreja Católica, o Papa Francisco deciciu criar uma comissão especial para a proteger os menores na Igreja, anunciou nesta quinta-feira o arcebispo de Boston Sean O’Malley, membro do grupo conhecido como G8 dos cardeais.

Publicidade

Segundo o cardeal, conhecido pela luta contra a pedofilia, a comissão sera formada por cerca de doze pessoas.

As atribuições deste grupo incluem os programas de formação dos religiosos, a segurança dos menores, a verificação da vocação de futuros padres ao sacerdócio, além de um acompanhamento do trabalho das pastorais de ajuda às vítimas.

"A Comissão deverá formular as sugestões para novas iniciativas, em colaboração com os bispos e as conferências episcopais", disse, O'Malley especificando que a composição do grupo será anunciada em um documento "apropriado."

O Vaticano se recusou responder a um questionário elaborado pelo Comitê de Direitos da Criança da ONU sobre os casos de pedofilia na igreja.

Os cardeais defendem que essas informações sejam mantidas em segredo para proteger testemunhas e vítimas, e que o Vaticano não deveria exercer o papel de intermediário entre a Igreja e a Justiça.

Esta posição, divulgada nos últimos dias, suscitou revolta entre as associações de vítimas da pedofilia na Igreja.

Em 2012, a Igreja admitiu que quatro mil casos de abuso sexual contra menores foram cometidos pela Congregação para a Doutrina da Fé nos últimos dez anos.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.