Ucrânia/Crise

Cessar-fogo no leste da Ucrânia é respeitado, diz Porochenko

O presidente Petro Porochenko (esq.) e o primeiro-ministro Arseny Yatseniuk durante cerimônia em Kiev, no final de outubro.
O presidente Petro Porochenko (esq.) e o primeiro-ministro Arseny Yatseniuk durante cerimônia em Kiev, no final de outubro. REUTERS/Gleb Garanich
Texto por: RFI
2 min

O Exército ucraniano e os separatistas pró-russos respeitam um cessar-fogo nesta terça-feira (9), no leste da Ucrânia. A trégua visa possibilitar a retirada de armas pesadas das trincheiras e a criação de uma zona tampão. O presidente Petro Porochenko, atualmente em visita a Cingapura, confirmou que os combates cessaram: "não houve nenhum disparo e não perdemos nenhum soldado hoje", enfatizou Porochenko.

Publicidade

A Ucrânia está disposta a acabar com esse banho de sangue, declarou o presidente ucraniano, mas "não abre mão da liberdade, da democracia, nem de sua soberania e independência", afirmou Porochenko diante de uma plateia de universitários, diplomatas e empresários presentes a um evento em Cingapura. Ele acrescentou que o conflito com os separatistas não concerne somente a Ucrânia, mas representa "uma guerra pela liberdade e a democracia na Europa". 

Negociação de paz é adiada

A retomada das negociações de paz para solucionar a crise ucraniana, prevista para esta terça-feira, foi adiada. Porochenko tinha convidado os líderes separatistas, representantes russos e da Organização para a Cooperação e Segurança na Europa (OSCE) para um encontro hoje em Minsk, capital da Belarus. Mas os rebeldes pró-russos anunciaram ontem que preferem voltar à mesa de negociações somente na próxima sexta-feira.

O governo de Kiev não divulgou nova data para o encontro. As discussões visam uma solução para o conflito que já fez mais de 4.300 mortos em oito meses. Esta será a primeira reunião entre as partes envolvidas no litígio desde setembro, quando foi assinado um acordo de cessar-fogo nunca aplicado.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI