Acesso ao principal conteúdo
Saúde/França

França: pacientes infectados com coronavírus recuperam bem

Turistas com máscaras de protecção,nas imediações da Cidade Proibida, em Pequim, encerrada devido ao surto de coronavírus. 25 de Janeiro de 2020
Turistas com máscaras de protecção,nas imediações da Cidade Proibida, em Pequim, encerrada devido ao surto de coronavírus. 25 de Janeiro de 2020 REUTERS/Carlos Garcia
Texto por: RFI
5 min

Os médicos encarregados do tratamento afirmam que, os dois pacientes hospitalizados em Paris devido à uma infecção pelo coronavírus, originário da China, encontram-se num processo normal de recuperação. Eles acrescentaram que os serviços de saúde estão a tentar detectar outros casos.

Publicidade

O professor Yazdan Yazdanpanah, chefe do serviço de doenças infecciosas do Hospital de Bichat em Paris, informou que os dois pacientes hospitalizados estão em bom estado e não evidenciam sinais de gravidade, no que toca à evolução da sua saúde .

A possibilidade de se registarem outros casos de coronavírus em França, segundo o professor Pierre Carli, chefe não do SAMU de Paris não foi afastada. O professor Carli precisou que outros casos estão a ser examinados, sem citar o número exacto de pacientes.

O médico sublinhou, não entanto, que nas últimas 24 horas, o Serviço de Assistência Médica Urgente de Paris, recebeu mais de trinta chamadas de pessoas inquietas, das quais 95% foram tranquilizadas após uma simples conversa com o médico regulador.

As duas pessoas internadas no Hospital Bichat, são um homem de 31 anos euma mulher de 30.O casal é originário da Wuhan, cidade chinesa donde partiu o novo surto de coronavírus, em Dezembro de 2019.

De acordo com o professor Yazdanpanah,o casal regressou da China no dia 18 de Janeiro e foi transportado pelo SAMU com sinais de febre e deficiências respiratórias.

Os casos de coronavírus registados em França, foram os primeiros detectados no continente europeu.

Segundo o ECDE(Centro Europeu para o Controlo e Prevenção de Doenças) é provável que se registem outros casos na União Europeia.

A Austrália e a Malásia confirmaram este sábado a identificação de novos casos.

Segundo o Primeiro-ministro australiano, Scott Morrison, um dos casos detectados no seu país, é um cidadão chinês de Wuhan, que viajou para Melbourne no dia 19 de Janeiro.

Embora a OMS não tenha decretado o alerta sobre uma eventual epidemia internacional, nos últimos dias multiplicou-se, pelo globo, o número de pessoas infectadas com novo coronavírus: três casos em Taiwan, quatro na Tailândia, três no Japão, um no Nepal, três na Malásia, dois na Coreia do Sul, dois nos Estados Unidos, três em Singapura, pelo menos um no Vietname, e um em Macau.

França: pacientes infectados com coronavírus recuperam bem 25 01 ,2020

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.