Jornalistas franceses em Itália alertam para perigo do coronavírus

Em França, são já perto de 3700 os casos positivos de coronavírus no país.
Em França, são já perto de 3700 os casos positivos de coronavírus no país. REUTERS/Stephane Mahe

30 jornalistas franceses correspondentes em Itália lançaram um alerta para que França tome medidas para conter a ameaça do coronavírus.

Publicidade

Um conjunto de jornalistas franceses a trabalhar em várias cidades italianas testemunharam a rápida propagação da epidemia, que já infetou perto de 18 mil pessoas em Itália, e pedem uma resposta dura do executivo francês.

Num artigo assinado no jornal esquerdista Libération, os profissionais garantem que não há tempo a perder, garantindo que não se trata de ter medo, mas de agir com responsabilidade e consciencializar os franceses.

Os jornalistas alertam que o vírus não está apenas a afetar pessoas mais velhas e garantem que a faixa etária dos 40 aos 50 anos também está a chegar aos hospitais em estado grave.

Os profissionais lembram ainda que o sistema de saúde que hoje está em colapso, no norte de Italia, é um dos melhores da Europa, insistindo que “França deve tirar lições da experiência italiana".

Face ao crescente número de casos em território francês, 

Face à propagação do coronavírus, a França, o chefe de Estado Emmanuel Macron anunciou, esta quinta-feira, o encerramento dos estabelecimentos escolares a partir de segunda-feira por tempo indeterminado, aconselhando igualmente as pessoas com mais de 70 anos, que sofrem de doenças crónicas ou respiratórias, ou com mobilidade reduzida, a ficar em casa.

Já as eleições municipais previstas para este domingo, 15 de Março, Emmanuel Macron, afirmou que se vão realizar.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI