França

Coronavírus: França pode entrar em quarentena obrigatória

16 марта. Пока еще не запрещено просто гулять по улицам Парижа и наслаждаться его видами.
16 марта. Пока еще не запрещено просто гулять по улицам Парижа и наслаждаться его видами. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Os franceses podem ser os próximos a ter que cumprir quarentena obrigatória, depois de Itália e Espanha. O presidente francês vai falar ao país este noite e apresentar mais medidas para tentar conter a epidemia.

Publicidade

O território francês como um todo, ou em apenas algumas regiões, deverá entrar em quarentena obrigatória nas próximas horas.

A informação está a ser avançada pela imprensa francesa, num dia em que todos os estabelecimentos de ensino já não abriram. Durante o fim-de-semana, os estabelecimentos não essenciais como restaurantes, cinemas e cafés também fecharam.

Ao longo da última semana,milhares de franceses estiveram já a trabalhar a partir de casa.

No entanto, este domingo, dia em que o país passou para a fase 3 de epidemia, a mais grave, a população foi votar na primeira volta das eleições autárquicas, embora a taxa de participação, ao contrário do que é habitual em eleições locais, tenha sido pouco expressiva. A abstenção face a 2014 cresceu cerca de 20% e muitos já olham para estas eleições como um acto eleitoral "do medo", tendo em conta o cenário em que acontecem.

Ainda assim, em França, este domingo, o sol que se fez sentir, levou milhares de franceses a jardins e parques por todo o país. Esta manhã, o director-geral de saúde, Jérôme Salomon, em entrevista à rádio France Inter, veio garantir que a situação "se deteriora muito rapidamente" e apelou a que os franceses respeitassem as regras de isolamento social, na tentativa de diluir o números de casos e não sobrecarregar o sistema de saúde. “O número de casos duplicou nos últimos três dias”, avisou. 

Esta noite, o chefe de Estado, Emmanuel Macron, marcou uma nova declaração ao país , onde deverá anunciar medidas ainda mais duras para atrasar o contágio do coronavírus, em que deverão incluir a quarentena obrigatória da população e o adiamento da segunda volta das eleições municipais marcadas para o próximo domingo.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI