Coronavírus

Covid-19: França em confinamento até 15 de Abril

O primeiro-ministro francês, Edouard Phillipe, em foto de arquivo.
O primeiro-ministro francês, Edouard Phillipe, em foto de arquivo. Reuters/Philippe Wojazer

O primeiro-ministro francês anunciou hoje que a França vai continuar confinada por mais duas semanas, ou seja até 15 de Abril. Todavia, Édouard Phillipe ressalvou que o confinamento pode manter-se por mais semanas se a situação sanitária assim o exigir.

Publicidade

O primeiro-ministro francês anunciou esta sexta-feira que o confinamento se vai manter até 15 de Abril, para tentar travar a propagação do novo coronavírus, cujos casos se multiplicam na região parisiense e ameaçam saturar os serviços hospitalares.

“Nós estamos apenas no início da vaga epidémica. Com o acordo do Presidente da República, anuncio hoje o prolongamento do período de confinamento por mais duas semanas suplementares, a contar da próxima terça-feira até 15 de Abril”, justificou Édouard Phillipe.

Para aliviar o sistema de saúde da região do Grande Leste, principal foco de contaminação, um avião militar realizou uma nova evacuação de seis pacientes de Mulhouse para Bordéus, um dia depois de um TGV medicalizado ter transportado doentes para a região Centro e Oeste, regiões menos afectadas pela pandemia.

Ainda de acordo com a Agência Regional da Saúde de Bordéus, este fim-de-semana, 48 doentes vão ser transferidos em TGV medicalizados para os hospitais de Nouvelle-Aquitaine.

Em França, esta sexta-feira, o número de vítimas mortais em meio hospitalar era de 1.995, ou seja, mais 299 em 24 horas. No total, estão registados 29.155 casos, dos quais 15.732 estão internados, incluindo 3.787 em estado grave. Os dados foram revelados na conferência de imprensa diária do Director Geral de Saúde, Jérôme Salomon.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI