Acesso ao principal conteúdo
Artes

A dança como "Anticorpo" contra o coronavírus

Áudio 10:32
"Anticorpo", de João Costa Espinho
"Anticorpo", de João Costa Espinho © João Costa Espinho
Por: Carina Branco

“Até à vacina, dancemos juntos para resistir ao novo coronavírus” é o desafio que lança o coreógrafo João Costa Espinho no espectáculo “Anticorpo”. Uma peça que ele coloca online no Dia Mundial da Dança, 29 de Abril, porque a dança tem o poder para “reequilibrar coisas”. Coisas como vírus e coisas como o amor ou a ruptura que se contagiam num outro seu espectáculo - “Je t’aime”. Ser artista em confinamento é “um estado de resistência”, alerta o português que vive em Paris, numa conversa em que testemunha a difícil realidade de quem sobrevive da arte.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.