Acesso ao principal conteúdo
Convidado

França retoma progressivamente vida cultural

Áudio 12:30
Museu Picasso no bairro parisiense do Marais, em Paris (ilustração).
Museu Picasso no bairro parisiense do Marais, em Paris (ilustração). AFP/Philippe Lopez
Por: Lígia ANJOS
14 min

Os museus e as fundações voltam progressivamente a abrir as portas ao público. A vida cultural retoma em ritmo lento em França depois de terem fechado portadas em Março, por motivo da crise sanitária.

Publicidade

Os pequenos museus abriram nas últimas duas semanas, alguns dos museus com maior dimensão voltam a abrir a partir de 16 de Junho.

Quanto à delegação francesa da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris, ficou em suspensão a inauguração da nova biblioteca na casa de Portugal, na cidade universitária da capital francesa.

No próximo ano estão previstas; uma exposição sobre mulheres artistas portuguesa do século XX até aos nossos tempos e a exposição sobre a jovem criação contemporânea europeia.

"A relação entre público com arte não vai mudar tão drasticamente como se julga", aponta Miguel Magalhães, director da delegação francesa da Fundação Calouste Gulbenkian, em Paris.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.