Acesso ao principal conteúdo
França

Jean Castex é o novo Primeiro-ministro francês

Jean Castex é o novo Primeiro-ministro francês
Jean Castex é o novo Primeiro-ministro francês Ludovic MARIN / AFP
Texto por: RFI
2 min

O Presidente francês nomeou esta sexta-feira Jean Castex para o cargo de Primeiro-ministro, após a demissão de Edouard Philippe.

Publicidade

O Coordenador nacional responsável pela estratégia de desconfinamento, durante a crise sanitária do novo coronavírus, foi nomeado Primeiro-ministro francês por Emmanuel Macron, após a demissão de Edouard Philippe.

Jean Castex, 55 anos, tem agora a missão de formar um novo governo, que deve ser conhecido antes da próxima quarta-feira, data do novo conselho de ministros.

Depois de terminar a Escola Nacional de Administração, em 1991, Jean Castex opta por um cargo de Director dos assuntos sanitários e sociais na circunscrição do Var.

Mais tarde assume o posto de Governador Civil, antes de se tornar, em 2005-2006, Director para a hospitalização e organização de cuidados no Ministério de Solidariedade e da Coesão Social.

É nessa altura que conhece Xavier Bertrand que o convida para ser Director de gabinete, inicialmente do Ministério da Saúde (2006-2007) e mais tarde do Ministério do trabalho (2007-2008).

Homem de direita

De acordo com a agência France Press, Jean Castex assumia-se, na altura, como um homem de direita.

Membro do partido «Les Républicains», Jean Castex foi Secretário-geral adjunto no Eliseu, durante a presidência de Nicolas Sarkozy.

Em 2012 apoia a candidatura de François Fillon para a presidência da UMP durante o congresso do partido que se realizou no Outono.

Em 2018, Jean Castex consegue gerir o apoio junto do partido La République en Marche, o seu nome chega a ser apontado para substituir Gérard Collomb no Ministério do Interior. No entanto, é o ex-socialista Christophe Castaner que acaba por ser nomeado para o cargo.

Esta sexta-feira, o Presidente francês Emmanuel Macron, nomeou Jean Castex para o cargo de Primeiro-ministro, após a demissão de Edouard Philippe. Depois de três anos em Matignon, Edouard Philippe regressa à cidade do Havre para assumir o cargo de Presidente de câmara.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.