Acesso ao principal conteúdo
França

França anuncia plano de desenvolvimento de 100 mil milhões de euros

Jean Castex, primeiro-ministro francês, perante a Assembleia Nacional a 15 de Julho de 2020.
Jean Castex, primeiro-ministro francês, perante a Assembleia Nacional a 15 de Julho de 2020. REUTERS/Gonzalo Fuentes
Texto por: Miguel Martins com AFP
4 min

O novo primeiro-ministro francês, Jean Castex, apresentou nesta quarta-feira, 15 de Julho, o seu programa de governo para os 18 próximos meses, apenas 12 dias após ter entrado em funções, no dia seguinte à celebração do Dia da França. Um plano que é suposto voltar a unir o país.

Publicidade

Jean Castex, primeiro-ministro francês, apresentou hoje no parlamento o seu plano de desenvolvimento orçado em 100 mil milhões de euros.

40 mil milhões deste montante iria para a indústria; 20 mil milhões para a renovação térmica de prédios e tecnologias verdes.

6 mil milhões são vocacionados para o sistema de saúde que tem estado em ebulição há mais de um ano, fileira que esteve na dianteira na luta contra a pandemia do novo coronavírus.

A juventude teria uma atenção específica: os estudantes bolseiros poderiam ter acesso a refeições a um euro nos restaurantes universitários e beneficiar de uma actualização do abono de regresso às aulas, orçado em 100 euros.

Este plano de Jean Castex deveria ser custeado por ajudas europeias, com Paris a procurar que os seus parceiros garantam a sua validação, e também pelo endividamento.

A luta contra o desemprego seria a prioridade absoluta do fim do quinquénio do presidente Emmanuel Macron, afirmou o novo chefe do executivo.

A sua ambição seria "reconciliar" os franceses, afirmou ainda o antigo responsável do plano de desconfinamento francês.

O primeiro-ministro garantiu que a reforma do sistema de pensões universais por pontos seria para levar adiante, uma reforma que ele considerou "necessária".

Castex afirmou avançar com um "projecto de lei contra os separatismos", lembrando que a luta contra o Islão radical é uma das "maiores preocupações".

Eis a tradução de um extracto das declarações do primeiro-ministro francês perante a câmara baixa do parlamento.

Jean Castex, primeiro-ministro francês, no parlamento

"Este plano está orçado em 100 mil milhões de euros e abrange todos os grandes sectores económicos e todos os territórios.

Este plano destinar-se-á antes de mais ao nosso trunfo mais precioso que são as mulheres e os homens deste país.

A ideia é preservar o emprego, através de dispositivos de actividades parciais, que mobilizarão 30 mil milhões de euros este ano e ainda 8 mil milhões no próximo ano visando salvaguardar o emprego e os salários nas empresas confrontadas com uma redução crónica do respectivo caderno de encargos."

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.