Desporto

Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano quer triunfar na liga francesa e no Mundial

Áudio 13:36
Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano.
Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano. © Cortesia Flávio Fortes

Os diferentes campeonatos de andebol em França já estão em andamento, quer em masculinos, quer em femininos. Na liga francesa de Nationale 1, terceiro escalão do andebol masculino, encontra-se o internacional cabo-verdiano Flávio Fortes, que representa este ano o Cournon d’Auvergne.

Publicidade

Na primeira jornada, em deslocação ao terreno da equipa reserva do Nîmes, o Cournon d’Auvergne acabou por vencer por 31-34 com sete golos apontados por Flávio Fortes, que foi o melhor marcador do clube do Centro da França.

A RFI foi à descoberta do internacional cabo-verdiano que quer alcançar triunfos na liga francesa, mas sobretudo quer preparar da melhor maneira o mundial da modalidade.

Recorde-se que Cabo Verde apurou-se pela primeira vez para o campeonato do mundo que vai decorrer no Egipto de 13 a 31 de Janeiro de 2021.

Os cabo-verdianos vão ter pela frente, na primeira fase de grupos, a Alemanha, o Uruguai e a Hungria.

Flávio Fortes mostrou-se ambicioso, admitindo que a selecção tem tudo para mostrar um boa imagem no Mundial. No que diz respeito à liga francesa, Flávio Fortes não quer apontar objectivos, mas afirmou que triunfar esta no seu ADN e naquele da equipa.

Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano do Cournon

Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano.
Flávio Fortes, andebolista cabo-verdiano. © Cortesia Flávio Fortes

De notar que Flávio Fortes, andebolista de 28 anos, nascido em Santo Antão, em Cabo Verde, passou pela liga espanhola e pelo campeonato português onde representou o Benfica, antes de seguir para França. Em território francês o internacional cabo-verdiano vestiu as camisolas do Pontault-Combault, do Angers, do Saint-Marcel Vernon, e agora do Cournon d’Auvergne.

No que diz respeito à Selecção cabo-verdiana, Flávio Fortes esteve presente no CAN que decorreu em Janeiro de 2020 na Tunísia, onde Cabo Verde acabou no quinto lugar, na sua primeira participação, atrás de outra selecção lusófona, Angola.

DESPORTO 20-09-2020 MM

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI